O que estava muito bem encaminhado, agora é oficial: Rodriguinho é o novo reforço do Bahia. Após chegar a um acordo com o Cruzeiro para a sua rescisão de contrato, o meia acordou os últimos entraves com o Tricolor de Aço no último domingo e foi anunciado oficialmente através das redes sociais do clube.

Rodriguinho assinou contrato com o Bahia por duas temporadas, e chega para ser o grande expoente técnico do time comandado pelo técnico Roger Machado. O Bahia adquiriu 40% dos direitos econômicos do jogador de 31 anos. A contratação de Rodriguinho, mesmo em má fase na carreira, é tratada internamente como um "marco" para o novo patamar que o clube quer alcançar na temporada de 2020. Em 2019, o clube quase conquistou uma vaga na Copa Libertadores da América, e neste ano, esta é a principal meta da diretoria.

Rodriguinho será o camisa 10 em sua passagem pelo Bahia. (Foto:Divulgação)
Rodriguinho será o camisa 10 em sua passagem pelo Bahia. (Foto:Divulgação)

A negociação entre Bahia e Rodriguinho vinha se arrastando há algumas semanas. Após a primeira pedida salarial do jogador ser considerada extremamente alta, as tratativas foram avançando conforme a situação do jogador com o Cruzeiro se resolvia. Mesmo com a concorrência de outras equipes do Brasil e do exterior, a proposta do Bahia foi a mais atraente, no ponto de vista desportivo.

O Bahia não vai ser a primeira passagem de Rodriguinho pelo nordeste. O meia é natural de Natal, no Rio Grande do Norte. Ele começou a carreira no ABC e passou por Red Bull Bragantino, América-MG, Corinthians, Grêmio, Al Sharjah e Pyramids, além do Cruzeiro. No Cruzeiro, as lesões foram o grande problema do jogador, que ficou diversos meses no departamento médico.