Um dos maiores ídolos da história do Paris Saint-Germain, o atacante uruguaio Edinson Cavani vive grande indefinição sobre seu futuro. E, de acordo com o jornal francês L´Équipe, o jogador não sairá do clube nesta janela de transferências.

Isso porque, após semanas de negociações, o Atletico de Madrid não atendeu a pedida dos franceses, e as tratativas foram encerradas. Segundo o diário, os espanhóis chegaram ao limite com uma proposta oficial de cerca de 15 milhões de euros ( aproximadamente R$70 milhões), e como a pedida mínima da diretoria do PSG seria de 25 milhões de euros (R$116,5 milhões), não houve nenhuma sinalização de que as tratativas poderiam evoluir.

A última aposta do Atletico de Madrid por Cavani seria acelerar a venda de Thomas Lemar, que foi sondado por vários clubes do futebol europeu, para assim, arrecadar mais recursos e melhorar a proposta por Cavani. Entretanto, como não houve nenhuma proposta oficial por Lemar, Cavani seria apenas um sonho nesta janela de transferências.

Cavani deve permanecer no PSG até o fim da temporada. (Foto:Divulgação)
Cavani deve permanecer no PSG até o fim da temporada. (Foto:Divulgação)

Entretanto, o PSG deve perder Cavani sem receber nenhuma quantia por isso. Explica-se: Cavani tem contrato com o clube francês até junho deste ano, e a partir do próximo mês, está liberado para assinar um pré-contrato com qualquer equipe. Mesmo assim, a situação financeira do PSG é muito bem resolvida, e não há necessidade de venda de atletas. Com isso, vários clubes devem mirar o atacante uruguaio nos próximos meses.

O centroavante uruguaio iniciou a temporada lesionado e perdeu espaço desde a chegada do argentino Mauro Icardi. O treinador Thomas Tuchel não descartou escalá-lo no próximo sábado, contra o Montpellier, pelo Campeonato Francês.