Irmão e representante de Edinson Cavani - atacante do Paris Saint-Germain está em Madrid desde a última segunda-feira para negociar o jogador com o Atlético de Madrid. Pelo menos é o que informa o jornal espanhol "Marca". O acordo entre o atacante e o clube espanhol seria de dois anos e meio. A propósito, não ocorreu nenhum exame médico no fim de semana passado, como informou o "The Athletic".

Os "Co0lchoneros" oferecem 10 milhões de euros no início das negociações, podendo chegar a 15 milhões, porém, o clube francês - dono dos direitos econômicos do atleta exige 20 milhões para liberá-lo. Assim sendo, não importa o quanto Cavani negocie em Madrid, tudo ainda está nas mãos do PSG.

A chegada do atacante uruguaio ao Atlético de Madrid agradaria muito Simeone, que além de desejar o jogador há algum tempo, vê sua equipe marcar poucos gols na temporada. Nesta temporada, o atacante fez 34 gols em 30 jogos pelo clube francês. Vale lembrar que a janela de transferências se fechará na próxima sexta-feira, 31 de janeiro.

Para liberar Cavani, o PSG exige o pagamento de 20 milhões de euros - o Atlético de Madrid ofereceu 10 milhões, podendo chegar a 15 milhões de euros.
Para liberar Cavani, o PSG exige o pagamento de 20 milhões de euros - o Atlético de Madrid ofereceu 10 milhões, podendo chegar a 15 milhões de euros.