Sem anunciar ainda nenhum reforço nesta janela de transferências, o Palmeiras está em negociações com a sua grande prioridade para a temporada de 2020: Trata-se do atacante Rony. Após recusar a proposta de renovação de contrato com o Athletico e inclusive ser direcionado pela diretoria do Furacão em treinar com o time de aspirantes, o jogador é disputado pelo Verdão e pelo Corinthians, que correm contra o tempo para oficializar a contratação do atleta.

Rony tem o aval do técnico Vanderlei Luxemburgo, e seria uma contratação para "mudar o perfil" do clube. Um dos destaques do futebol brasileiro na temporada passada, o jogador chamou a atenção da alta cúpula palmeirense não só pela sua técnica, mas como um jogador de muita luta, algo que foi declarado como primordial para ser jogador do Palmeiras em 2020:

"Jogador para jogar no Palmeiras precisa ter qualidade, espírito de luta, respeito à camisa e coragem. Essa mudança vai ocorrer em relação também ao plantel." disse, em dezembro, no dia da demissão do técnico Mano Menezes e do diretor Alexandre Mattos.

Rony é a grande prioridade para 2020 no Palmeiras. (Foto:Divulgação)
Rony é a grande prioridade para 2020 no Palmeiras. (Foto:Divulgação)

Até o momento, o único entrave na negociação por Rony é o fator financeiro. Mesmo com a pedida de 12 milhões de euros (R$50 milhões) do Athletico, o Palmeiras planeja entrar em um acordo com os paranaenses ainda na próxima semana. A ideia da diretoria do Palmeiras é não envolver nenhum jogador na negociação, algo que foi decidido na primeira reunião entre as partes.

Além disso, o interesse do Corinthians ainda dificulta um acordo mais rapidamente. Isso porque, o Timão já negocia com o jogador e o Athletico há mais tempo, e o bom relacionamento de Rony com Tiago Nunes, que foi seu técnico no Furacão, influenciam o atleta a dar preferência ao Corinthians. Caso haja uma proposta de seu rival, o Palmeiras pode ficar sem Rony.