Bayern não irá exercer direito de compra de Philippe Coutinho ao fim da temporada

De acordo com o jornal alemão Bild, o meia brasileiro não deve ser comprado em definitivo pelo clube alemão, e com isso, retorna ao Barcelona no fim da temporada.

Por Talis Andrey de Mello
Compartilhe

O Bayern de Munique não deve exercer o direito de compra do meia brasileiro Philippe Coutinho. Após chegar ao clube alemão por empréstimo de uma temporada, o jogador ainda não convenceu os dirigentes bávaros de que o investimento de 120 milhões de euros (cerca de R$556 milhões) terá retorno. As informações foram divulgadas nesta quimnta-feira pelo jornal alemão Bild.

O valor foi estabelecido em contrato no ato de empréstimo, e justamente pelo tamanho do investimento, o Bayern de Munique não deve efetuá-lo. Sendo assim, o jogador deve retornar ao Barcelona ao fim da temporada europeia, e deve ter seu destino definido após alguns encontros com a diretoria do clube blaugrana. Caso o técnico Quique Setién entenda que possa recuperar o atleta, ele deve ser reintegrado ao elenco do Barça.

Philippe Coutinho deve retornar ao Barcelona ao fim da temporada. (Foto:Divulgação)
Philippe Coutinho deve retornar ao Barcelona ao fim da temporada. (Foto:Divulgação)

Com contrato até junho de 2023 com o Barcelona, Philippe Coutinho é uma das maiores decepções da história do Barcelona. Contratado para ser o "grande investimento" do clube após a venda de Neymar ao Paris Saint-Germain, custou cerca de 130 milhões de euros ( R$596 milhões) aos espanhóis, e nem de longe deu o retorno esperado. Com o técnico Ernesto Valverde, o brasileiro alternou entre o time titular e o banco de reservas, e após alguns atritos com a torcida, foi emprestado ao Bayern de Munique.

Os dirigentes alemães não farão um investimento desta magnitude no momento. Uma opção mais viável seria a contratação de Perisic, que vive a mesma situação do brasileiro. A diferença está no valor da compra do jogador da Inter de Milão: 20 milhões de euros (R$ 92 milhões).

Torcedor: compartilhe
Siga nas redes
Comentários
Carregar comentários
Assista ao nosso último vídeo:
Inscreva-se no canal