Jean, de 24 anos - goleiro suspenso pelo São Paulo, já tem novo destino. Ele foi emprestado ao Atlético-GO e já está no Centro de Treinamentos do Dragão.

O arqueiro foi preso durante as férias, acusado de agredir a esposa nos Estados Unidos e posteriormente foi solto da detenção sem pagamento de fiança após uma audiência em Orlando. O processo continua na justiça norte-americana.

O caso ganhou tamanha repercussão que o goleiro não jogará mais pelo São Paulo e ficou fora da reapresentação do grupo para o início da pré-temporada, na última quarta-feira.

Jean foi acusado por sua esposa de agressão, o que levou o arqueiro a prisão nos EUA.
Jean foi acusado por sua esposa de agressão, o que levou o arqueiro a prisão nos EUA.

Jean tem contrato com o São Paulo até 2022. Caso rescindisse o vínculo de Jean sem uma demissão por justa causa, o São Paulo teria de pagar todos os valores do contrato, possibilidade que não foi cogitada pelo Tricolor Paulista.

O jovem arqueiro que foi revelado pelo Bahia, viveu seu melhor momento em 2017, quando disputou 56 jogos. Contratado pelo "Tricolor Paulista" na temporada seguinte, ele não conseguiu se firmar. Com a chegada de Tiago Volpi em 2019, Jean perdeu espaço de vez no Tricolor.

No Atlético-GO, o goleiro de 24 anos disputará posição principalmente com Maurício Kozlinski, um dos principais jogadores do elenco rubro-negro na campanha do acesso na última temporada.