Zagueiro Dedé pode estar próximo do Vasco da Gama; entenda

Com o rebaixamento do Cruzeiro e com a crise que vive o clube mineiro, Dedé pode ser o próximo a deixar a "barca mineira" e embarcar em seu antigo clube.

Por Minha Torcida
Compartilhe

Vasco da Gama está muito próximo de anunciar um grande reforço para a temporada 2020 - trata-se do zagueiro Dedé, que atualmente defende as cores do Cruzeiro. Os termos devem ser finalizados nos próximos dias.

Vinculado ao Cruzeiro, ele teve reunião na última terça-feira com o clube mineiro para avaliar o futuro e recebeu o sinal verde para conversar com outras equipes. Da parte do "cruzmaltino" está praticamente tudo certo.

Na Série B, a direção do Cruzeiro estipulou um teto salarial de cerca de um quarto dos atuais vencimentos do defensor e com dívidas junto ao atleta, declarou que não o seguraria na "Toca da Raposa". Por sua vez, Dedé afirmou, no início das conversas, que se movimentaria na intenção de tentar defender o Vasco novamente.

Dedé poder reforçar o Vasco em 2020.
Dedé poderá reforçar o Vasco em 2020.


O que poderá complicar as negociações entre o defensor e Vasco, são sondagens de outros clubes com poderio financeiro maior. Atualmente, o "cruzmaltino" atravessa problemas para manter os salários em dia e tem pouco investimento para reforços de peso.

Embora o negócio esteja avançado, o modelo no qual ele deve se confirmar ainda é um mistério - não se sabe se ele pode chegar ao São Januário de forma definitiva ou por empréstimo. Fato é que a parte dos vencimentos paga pelo Vasco não chegaria ao total atual do zagueiro de 31 anos. Há a possibilidade, inclusive, de atuais patrocinadores do clube ajudarem na composição salarial do atleta.

O presidente do Vasco - Alexandre Campello e o diretor executivo de futebol - André Mazzuco, monopolizam o lado vascaíno da negociação e a tratam com absoluto sigilo.

Dedé que foi revelado pelo Volta Redonda, atuou no Vasco entre os anos de 2009 a 2013, quando foi vendido para o Cruzeiro. Em São Januário, foi campeão da Copa do Brasil de 2011, chegou à Seleção Brasileira e se tornou ídolo da torcida.

Torcedor: compartilhe
Siga nas redes
Comentários
Carregar comentários
Assista ao nosso último vídeo:
Inscreva-se no canal