De olho na situação de D'Alessandro em relação a sua renovação com o Internacional, o Peñarol estuda fazer uma proposta caso o jogador não renove com o clube brasileiro para 2020. O craque argentino é um pedido especial do novo técnico do clube uruguaio, o ex-atacante Diego Forlán, companheiro de D’Ale no colorado.

A informação que trazemos para você foi primeiramente publicada pelo jornal "El País" - do Uruguai e segundo este mesmo, o nome de D'Alessandro faz parte de uma lista de reforços entregue pelo treinador ao clube de Montevidéu.

Vale lembrar que no dia 21 deste mês, Forlán participou no Beira-Rio do Lance de Craque - o jogo beneficente promovido anualmente por D'Alessandro. O ex-atacante teria aproveitado a ocasião para apresentar seu projeto no Peñarol ao camisa 10, que tem contrato com o Inter até o dia 31 de dezembro.

D
D'Ale e Forlán foram companheiros no Inter.

Aos 38 anos, D'Alessandro é elogiado por seu profissionalismo e seria uma aposta do novo treinador para liderar o vestiário do Peñarol, que pretende apostar forte nas categorias de base na próxima temporada.

A tendência, porém, é que o craque argentino permaneça por mais uma temporada em Porto Alegre. No mesmo Lance de Craque, o "camisa 10" colorado afirmou que deseja renovar e que faltam alguns detalhes para assinar o novo contrato, o que deve ocorrer na reapresentação do elenco, no próximo dia 08 de janeiro.

"Não dá para fazer mistério. Está tudo aí, encaminhado. Mas funcionário precisa ter um contrato, ele ainda não foi assinado. São detalhes que separam. Me apresento dia 8, se Deus quiser, mas falta a assinatura. Minha permanência não depende disso, como nunca dependeu da grana. Há vontade e desejo de permanecer", revelou D'Alessandro.

A dupla em questão atuou junto no Inter entre 2012 e 2013. O uruguaio somou 55 partidas pelo clube, com 22 gols marcados. Já o argentino tem 474 jogos pelo Inter e pode se tornar o segundo jogador que mais vezes vestiu a camisa do clube em 2020.