Depois de confirmar que teria uma reunião com então treinador do clube - Vagner Mancini, a direção do Atlético-MG anunciou nesta quinta-feira em comum acordo entre as partes, a saída do profissional em questão; assim sendo, a vaga de treinador do "Galo Mineiro" para 2020 está em aberto.

Em análise no mercado, Sergio Sette Câmara - presidente do clube em questão espera ter novidades nos próximos dias, no entanto, o mesmo nega ter procurado Jorge Sampaoli ou Fábio Carille.

"Não procuramos nenhum desses dois nomes por vocês citados (imprensa). Cerca de um mês atrás fiquei muito chateado, porque saiu uma notícia em um blog cravando que Carille seria nosso comandante para 2020, quando na verdade não existia conversa alguma com o profissional. No Atlético nós anunciamos contratação depois que a mesma está assinada no papel. Mesmo que estejamos hoje conversando, só iremos anunciar quanto tivermos com tudo fechado", declarou o mandatário.

Além de falar em sua coletiva a respeito da saída de Mancini e da busca por um novo treinador, o presidente do "Galo" também comentou que irá em busca de pelo menos quatro ou cinco reforços e que dois ou três desses serão "de peso".

"Não podemos contratar um time inteiro, mas iremos em busca de quatro ou cinco reforços. Vamos tentar buscar dois ou três nomes de peso e dois ou três que possam chegar e jogar", finalizou.