Em ano com altas contratações e cifras históricas, alguns jogadores não conseguiram corresponder às expectativas da torcida. Sabe aquela contratação que você tanto esperou e comemorou do seu clube? Pois bem, ele pode não ter dado o retorno esperado. Sendo assim, elencamos aqui as 5 piores contratações do futebol brasileiro em 2019:

5ª-Rodriguinho (Cruzeiro): O meia de 31 anos chegou ao Cruzeiro para ser a grande reposição ao uruguaio Arrascaeta, que foi negociado com o Flamengo. Com custo de 4 milhões de dólares (cerca de R$17 milhões), o jogador teve um bom início de ano, mas teve uma grave lesão na região lombar na metade da temporada, e está afastado dos gramados até então. Segundo informações, seu salário é de cerca de R$800 mil.

Rodriguinho deve ser negociado nesta janela de transferências. (Foto:Divulgação)
Rodriguinho deve ser negociado nesta janela de transferências. (Foto:Divulgação)

4ª-Diego Tardelli (Grêmio): Tido como a maior contratação do clube para a temporada, o cobiçado atacante Diego Tardelli não rendeu o esperado. Após vencer a concorrência de vários clubes do futebol brasileiro, o time gaúcho depositou suas esperanças no jogador de 33 anos, o que acabou não dando resultado. A dificuldade de adaptação, aliada a problemas extra-campo e os problemas físicos atrapalharam o atleta, que marcou sete gols em 44 jogos pelo Grêmio. Agora, o clube tenta negociar seu camisa 9, que tem vencimentos de cerca de R$1 milhão mensais.

Diego Tardelli teve dificuldades de adaptação no Grêmio. (Foto:Divulgação)
Diego Tardelli teve dificuldades de adaptação no Grêmio. (Foto:Divulgação)

3ª-Alexandre Pato (São Paulo): Outro que veio do futebol chinês e decepcionou nesta temporada foi o atacante Alexandre Pato. O São Paulo venceu a concorrência do Palmeiras pelo jogador, e arcou muito alto com os salários que irão chegar a R$10 milhões na temporada. Contratado com festa da torcida após sua primeira passagem pelo clube, Alexandre Pato ainda não se encontrou, e nesta temporada, marcou 5 gols em 22 jogos, e terminou a temporada no banco de reservas, além de ter problemas de relacionamento com o técnico Fernando Diniz.

Alexandre Pato terá aumento significativo de salário em 2020. Atualmente, é reserva. (Foto:Instagram)
Alexandre Pato terá aumento significativo de salário em 2020. Atualmente, é reserva. (Foto:Instagram)

2ª-Ricardo Goulart (Palmeiras): Contratado com o maior salário do futebol brasileiro na época, Ricardo Goulart acabou se tornando uma decepção para o Palmeiras. Contratado por empréstimo de uma temporada, o meia de 28 anos atuou pelo Verdão em apenas 12 oportunidades, marcando 4 gols. Além disso, seus vencimentos,que giravam na casa de R$1,2 milhão mensais, pesaram bastante nos cofres do clube. Após uma lesão muscular no início do Campeonato Brasileiro, o jogador rescindiu contrato com o Palmeiras e retornou ao futebol chinês.

Ricardo Goulart fez apenas 12 jogos com a camisa do Palmeiras. (Foto: Site oficial do Palmeiras)
Ricardo Goulart fez apenas 12 jogos com a camisa do Palmeiras. (Foto: Site oficial do Palmeiras)

1ª-Cueva (Santos): Sem dúvidas, a pior contratação desta temporada. Contratado com o custo de R$27 milhões de reais ( 7 milhões de dólares), o peruano foi uma grande dor de cabeça para a diretoria santista. Com o status de ser um dos pedidos de Jorge Sampaoli, o jogador de 28 anos pouco jogou, sendo apenas 16 partidas, e se marcar nenhum gol. Além do baixo rendimento, diversos problemas extra-campo fizeram com que o jogador fosse afastado, e agora o Peixe busca alternativas para diminuir o prejuízo. Com salário de cerca de R$600 mil, é o jogador mais bem pago do elenco santista.

Cueva tem o maior salário atual no Santos e não marcou nenhum gol no ano. (Foto:Ivan Storti)
Cueva tem o maior salário atual no Santos e não marcou nenhum gol no ano. (Foto:Ivan Storti)
*Todos os valores foram fornecidos pelo site oficial do Transfermarket.