Mesmo não estando em alta no Real Madrid, onde até mesmo já foi deixado para trás por outro brasileiro, Vinicius Junior deve seguir no clube merengue após a abertura do "mercado da bola", em janeiro de 2020. Pelo menos é o que informa o jornal espanhol "Marca".

A edição desta sexta-feira do diário esportivo em questão conta que Vinicius Junior não está no pacote de negociação, com a seguinte manchete: "Não há debate no Bernabéu sobre Vinicius, mesmo que ele tenha jogado pouco no último mês. É intransferível, dizem fontes do Real Madrid".

Mesmo estando preocupado com o pouco rendimento do atacante brasileiro, o Real Madrid acredita que ele dará a volta por cima rapidamente e se caso não der, na metade de 2020 o clube poderá emprestá-lo, uma vez que ele tem mercado na Espanha, onde alguns clubes da primeira divisão do futebol local já manifestaram desejo em contar com o atleta.

Tendo Eden Hazard se lesionado recentemente, Vinicius Junior deverá receber novas oportunidades no time comandado por Zinedine Zidane, conforme o próprio indicou em sua última coletiva.

"Vinicius não irá sair. Ele vai ficar aqui. É um jogador do elenco, embora não venha atuando muito. Conto com ele, como todos os demais. Não é o momento dele agora, mas tenho certeza que ainda vai dar muito ao time", manifestou Zidane.