Sporting estuda a contratação de Michael, do Goiás

Segundo informações do jornal português O jogo, o atacante do Goiás desperta interesse do futebol português, mais especificamente do Sporting.

Por Talis Andrey de Mello
Compartilhe

Grande nome do time do Goiás nesta temporada, o atacante Michael pode estar de saída do clube na próxima janela de transferências, que abre em janeiro. Isso porque, de acordo com informações do jornal português O Jogo, o jovem atacante já é alvo de algumas especulações do mercado do futebol europeu, e um dos clubes mais interessados no futebol do jogador é o Sporting, de Portugal.

Segundo diversas fontes e também pelo comportamento habitual da diretoria do clube, a tendência é que ele só saia do clube por valor igual ou próximo da multa rescisória prevista em contrato, algo na casa dos R$ 50 milhões. Além disso, o histórico de negociações do clube, principalmente no caso de Bruno Henrique, que hoje está no Flamengo, é de que mesmo com menos dinheiro do que outros tradicionais clubes do futebol brasileiro, as tratativas não serão fáceis.

Além da qualidade técnica do atacante, o diário lusitano também dá ênfase para toda a história de superação que o jogador passou em sua vida até conseguir, no futebol, achar na religião e no futebol as suas "rotas de saída".

Michael deve receber proposta do futebol europeu em 2020. (Foto:Divulgação)
Michael deve receber proposta do futebol europeu em 2020. (Foto:Divulgação)



Em entrevista ao programa Seleção SporTV no mês de agosto desse ano, Michael se assumiu como alguém em constante tratamento de sua dependência química e também que, em função desse problema, quase foi vítima do tráfico.

- É difícil, mas graças a Deus estou superando. Todos os dias são uma luta. Se você não vai conseguir ficar em um ambiente com bebida, é melhor se retirar. Eu saio. Muitas vezes me dá vontade de beber, de fumar, não vou mentir. Sou ser humano. Só que eu olho para o céu, é de lá que vem nosso socorro. Eu tento me desviar do caminho do mal. Se eu voltar a fazer isso, nunca mais vou jogar futebol - disse na época.

Torcedor: compartilhe
Siga nas redes
Comentários
Carregar comentários
Assista ao nosso último vídeo:
Inscreva-se no canal