Mesmo estando muito perto de concretizar uma temporada histórica, com o título da Libertadores da América e do Campeonato Brasileiro, o Flamengo já trabalha com alguns nomes para reforçar sua equipe na próxima janela de transferências, que abre em janeiro. Sendo assim, um nome vem ganhando destaque para atender o pedido do técnico Jorge Jesus, que é a contratação de mais um atacante: Trata-se de Róger Guedes, atualmente no Shandong Luneng, da China.

De acordo com informações da imprensa carioca, o nome foi oferecido por seu empresário, Paulo Pitombeira em março deste ano, e agradou a diretoria flamenguista. Durante este período, o diretor de futebol do Flamengo, Bruno Spindel, teve duas reuniões com os agentes do atleta, que teria muita vontade de atuar pelo Flamengo em 2020. Na ocasião, o empresário do jogador tentou a possibilidade de um negócio em definitivo, mas como o Flamengo sugeriu um empréstimo, as negociações não avançaram.

De contrato renovado até julho de 2022, Róger Guedes chegou ao Shandong Luneng no ano passado. Os chineses pagaram ao Palmeiras, que detinha os direitos econômicos, cerca de R$ 45 milhões. Em 2019, o Corinthians também demonstrou interesse no jogador, mas, em um momento financeiro complicado, não deve entrar na briga com o Flamengo.

Entretanto, um fator que pode afastar as negociações do Flamengo com o atacante são os salários: Atualmente, o jogador recebe cerca de R$1,5 milhão de reais por mês. Além disso, alguns problemas extra-campo poderiam complicar as negociações entre as partes.