Após a saída de Cristiano Ronaldo, o Real Madrid ainda não encontrou alguém que possa ser o grande ídolo do time para as próximas temporadas. Mesmo com a contratação de Hazard na última janela de transferências, o clube merengue ainda busca mais um nome de impacto no mercado da bola, e um já é estabelecido o grande alvo: Trata-se de Kylian Mbappé.

De acordo com informações do jornal francês Le Parisien, o atacante do PSG será muito assediado pelos principais clubes do futebol europeu, sobretudo o Real Madrid e o Barcelona. Entretanto, quem tem mais dinheiro para formalizar uma proposta seriam os merengues, que segundo a imprensa francesa, irão fazer uma proposta de incríveis 400 milhões de euros (cerca de R$1,8 bilhão).

Caso uma negociação nesses valores se confirma, Mbappé se tornará - e com muitas sobras - no jogador mais caro da história do futebol mundial, superando com folga a contratação de Neymar pelo Paris Saint-Germain. Para tirar o brasileiro Barcelona em 2017, o clube francês desembolsou nada menos do que 222 milhões de euros.

Em entrevista recente à emissora francesa TF1, Vadim Vasilyev, ex-vice-presidente do Monaco, revelou que o atacante francês disse 'não' ao Real Madrid há alguns anos, quando aceitou se transferir para o PSG.

"Ele me disse: Vadim, no fundo, sinto que é cedo demais. Só joguei um ano no meu país, sou parisiense e não quero deixar meu país assim. Quero me converter em um grande futebolista. O Madrid terá que esperar", disse. "Eu o parabenizei. Disse para ele: 'Voltarão a bater sua porta, e todo o Bernabéu o aplaudirá quando chegar, sem que você precise provar nada", afirmou.