Cruzeiro quer retorno de Lucas Silva, mas com salário dentro do teto do clube

Mesmo sendo um dos jogadores preferidos do clube para a próxima temporada, o jogador chegará ao Cruzeiro apenas com salários menores.

Por Talis Andrey de Mello
Compartilhe

Mesmo focado em escapar da zona de rebaixamento, o Cruzeiro pensa também em possíveis reforços para a próxima janela de transferências. Sendo assim, a diretoria do time mineiro pensa no retorno de um velho conhecido do clube: Trata-se do meia Lucas Silva.

No entanto, a diretoria celeste não vai fazer loucuras para repatriar o atleta. O estafe do jogador já foi avisado que uma volta para a Toca da Raposa somente se os salários estiverem dentro da realidade do clube brasileiro, bem abaixo do que ele recebia durante os quatro anos que teve contrato com o Real Madrid.

A última passagem de Lucas Silva só foi possível porque o Real Madrid esteve disposto a pagar parte dos vencimentos do jogador. Mesmo sem pagar totalmente os salários, o jogador esteve entre os 10 jogadores mais bem pagos do elenco cruzeirense, e para que o meia tenha a sua 3ª passagem pela Raposa se tornar possível, este cenário não pode se repetir, tendo em vista que o Cruzeiro passa por um momento de reconstrução política e financeira.

Lucas Silva pode retornar ao Cruzeiro. (Foto:Divulgação)
Lucas Silva pode retornar ao Cruzeiro. (Foto:Divulgação)

Apesar da forte ligação entre Cruzeiro e Lucas Silva, o estafe do jogador não pretende tomar nenhuma decisão antes do encerramento do Campeonato Brasileiro. Além da Raposa, outras equipes já manifestaram interesse no jogador. O volante também recebeu sondagens de outros clubes do Brasil, de times mexicanos e também de alguns europeus.

Lucas Silva foi revelado pelo Cruzeiro e se destacou no time bicampeão brasileiro, em 2013 e 2014. Logo em seguida foi vendido ao Real Madrid, por R$ 45 milhões. Sem sucesso na Espanha, ele ainda passou pelo Olympique Marselha, da França, antes de retornar ao Cruzeiro. Com a camisa estrelada foram 193 aparições.

Torcedor: compartilhe
Siga nas redes
Comentários
Carregar comentários
Assista ao nosso último vídeo:
Inscreva-se no canal