Após o presidente do Santos, José Carlos Peres, declarar que teria interesse no retorno de Robinho ao clube, o Peixe trabalha internamente para que a volta de um dos grande ídolos do clube nos últimos anos se concretize. Para isso, inclusive, já teria buscado parcerias para arcar com os custos de um jogador de tal calibre.

Entretanto, um fator pode atrapalhar as negociações entre Santos e Robinho: A condição física do atleta. De acordo com informações publicadas pelo portal Uol Esporte, o sistema de scouts do Santos teme que Robinho chegue ao clube sem ter as condições ideais para atuar tranquilamente no futebol brasileiro.

Robinho pode voltar ao Santos após 4 anos. (Foto:Divulgação)
Robinho pode voltar ao Santos após 4 anos. (Foto:Divulgação)

O interesse por um retorno de Robinho ao Santos está muito longe de ser novidade. Desde que se transferiu para o futebol turco, no início de 2018, os mandatários do Peixe trabalham para conseguir arcar com os custos de uma possível contratação, que seria de alto padrão, tendo em vista o momento financeiro da instituição. Estima-se que para conseguir viabilizar o retorno de Robinho, a equipe paulista teria que arcar com cerca de R$800 mil mensais de salário, além de valor de luvas.

Mesmo assim, a identificação do jogador com o clube e com a torcida, além das altas cifras que seriam arrecadadas com ações de marketing envolvendo esta negociação. Foram motivos parecidos que fizeram com que Robinho voltasse à Vila Belmiro em 2014, onde estava emprestado pelo Milan. Na ocasião, o atacante atuou em 41 partidas, tendo marcado 17 gols. Ao todo, Robinho soma 240 partidas oficiais com a camisa do Santos, e marcou 110 gols.