Falta de dinheiro pode impedir renovação de Donnarruma com o Milan, diz jornal

Segundo o jornal italiano “Corriere dello Sport”, o Milan quer ampliar o tempo de contrato com seu principal goleiro, no entanto, não tem condições financeiras para pagar o atual salário do defensor – avaliado em 6 milhões de euros por temporada.

Por Minha Torcida
Compartilhe

Salário pode impedir Donnarumma de renovar seu contrato com o Milan. De acordo com as últimas informações vindas da Itália, um dos principais destaques do futebol italiano já iniciou conversas para renovar seu vínculo com o clube rossonero, porém, o pedido de um novo salário poderá travar as negociações.

Segundo o jornal italiano "Corriere dello Sport", o Milan quer ampliar o tempo de contrato com seu principal goleiro, no entanto, não tem condições financeiras para pagar o atual salário do defensor - avaliado em 6 milhões de euros por temporada e que gostaria de ver esse sendo aumentado. Para complicar ainda mais as negociações, a direção milanesa quer abaixar esse valor para 5 milhões de euros e aposta na paixão do jogador pelo clube para tentar convencê-lo.

Donnarruma.

Gianluigi Donnarruma de apenas 20 anos, é um dos fortes candidatos a vir se juntar ao elenco do Paris Saint-Germain na próxima temporada; lembrando que na última janela de transferências o clube francês andou buscando informações a respeito do jovem arqueiro italiano, no entanto, as negociações não avançaram e por fim o PSG acabou contratando Keylor Navas - do Real Madrid.

Em sua quinta temporada com o Milan, onde a primeira vez que foi titular da equipe, foi diante do Sassuolo, em 2015/2016, no Campeonato Italiano na época, quando tinha apenas 16 anos, o arqueiro desde então já disputou 166 jogos, com 60 desses sem sofre um gol se quer.

Donnarruma se não renovar seu vínculo com o Milan, promete ser um dos principais alvos dos clubes europeus na abertura do mercado da bola, na próxima janela de inverno, em janeiro de 2020.

Mais sobre: milan donnarruma contrato
Torcedor: compartilhe
Siga nas redes
Comentários
Carregar comentários
Assista ao nosso último vídeo:
Inscreva-se no canal