Barcelona acerta a venda de Malcom para o Zenit, diz jornal

Segundo informações dos principais jornais da Espanha, o Barcelona acertou a venda do atacante brasileiro para o Zenit, da Rússia. Anúncio deve acontecer nos próximos dias.

Por Talis Andrey de Mello
Compartilhe

Um dos nomes mais falados nesta janela de transferências, o atacante brasileiro Malcom deve estar de malas prontas para uma precoce saída do Barcelona. Mesmo com diversos clubes tendo interesse na contratação do atacante, o Zenit deve ser o destino do jogador a partir da próxima temporada.

Os jornais catalães "Sport" e "Mundo Deportivo" afirmam nesta quarta-feira que o Barcelona concluiu a venda de Malcom para o Zenit por € 40 milhões, além de € 5 milhões em variáveis. O acordo teria sido fechado nas últimas horas e seria proveitoso para o clube catalão, que recupera o investimento de € 41 milhões feito há apenas um ano. O anúncio oficial pode ocorrer em breve.

O Zenit estava com muitos concorrentes para conseguir a contratação de Malcom. Além do clube russo, grandes e tradicionais clubes do futebol europeu, como Borussia Dortmund e Arsenal. Entretanto, o Zenit foi quem ofereceu a melhor situação financeira e ofereceu uma proposta que atendeu o principal pedido do Barcelona:  Recuperar o investimento feito no jogador no início da temporada passada. 

Aos 22 anos, Malcom receberá no Zenit um salário superior ao que recebe no Barcelona. Na Rússia, o atacante terá um salário de 6 milhões de euros (R$ 25,1 milhões) por temporada. Na Espanha, o valor era de 4 milhões de euros (R$ 16,7 milhões).

Malcom ser o novo reforço do Zenit, confirma jornais da Espanha. (Foto: Divulgação)
Malcom será o novo reforço do Zenit, confirma jornais da Espanha. (Foto: Divulgação)

 

Como clube formador, o Corinthians tem direito a 2,5% do valor da transação, ou seja, cerca de R$ 4,2 milhões de reais.

Pela manhã na Espanha, Malcom treinou normalmente pelo Barcelona. As próximas horas serão fundamentais para o desfecho da negociação.

Torcedor: compartilhe
Siga nas redes
Comentários
Carregar comentários
Assista ao nosso último vídeo:
Inscreva-se no canal