Algoz do Palmeiras na semifinal do Mundial de Clubes, o atacante francês Gignac tomou a cena entre as torcidas dos maiores clubes do futebol brasileiro. Principalmente pelo fato de estar em fim de contrato com o Tigres, do México, o jogador de 35 anos é o mais novo "queridinho" do mercado brasileiro.

De renome internacional e com números inatingíveis para os atacantes do futebol nacional nos últimos anos, Gignac tem carreira consolidada no futebol mexicano. Desde 2015 no Tigres, o francês coleciona títulos, gols, e já se colocou na prateleira de ídolos do clube.

Gignac no Corinthians? Postagem anima torcida

Depois da classificação, com gol marcado, Gignac foi alvo de debate nas redes sociais. Em sua postagem em tom de comemoração pela vitória, o jogador mencionou o perfil oficial do Corinthians. O fato gerou empolgação na torcida corintiana.

Logo após, a torcida gerou uma "campanha" pela contratação de Gignac, mas a diretoria fez questão de acalmar os ânimos. Publicamente, o presidente do Corinthians, Duílio Monteiro Alves, afirmou que não pretende fazer grandes investimentos em contratações, mas também deixou em aberto algum investimento com grande apelo comercial e da torcida:

"Em relação a marketing, tivemos um grande sucesso e uma virada com a chegada do Ronaldo. Mas Ronaldo só tem um. Não há potencial de marketing hoje igual ao dele. Temos que avaliar muito bem isso junto ao marketing. Se houver oportunidade, com apelo e que traga receita e não nos custe demais, pode ser. Hoje não vejo assim." comentou Duílio.

Ídolo do Tigres, Gignac está livre para assinar pré-contrato com qualquer equipe. (Foto:Reprodução)
Ídolo do Tigres, Gignac está livre para assinar pré-contrato com qualquer equipe. (Foto:Reprodução)

Salário astronômico dificulta negociações com o futebol brasileiro

Entretanto, é muito importante saber quanto custa ter um jogador deste nível no elenco. Atualmente, segundo informações da imprensa mexicana, Gignac custa aos cofres do Tigres cerca de 3,5 milhões de euros / temporada (aproximadamente R$22,4 milhões na cotação atual), livre de impostos.

Por isso, caso algum clube brasileiro tenha interesse em contar com Gignac, precisará desembolsar, no mínimo, aproximadamente R$1,7 milhão/ mensais, livre de impostos. Com os impostos brasileiros, as cifras podem atingir R$2,1 milhões/mês.

Números desde 2015 colocam Gignac no topo do mercado sul-americano

Mais do que comercialmente um nome muito interessante, Gignac também entrega o investimento dentro de campo. Isso porque, de acordo com levantamento realizado pelo site GE, o francês tem mais gols marcados desde 2015 do que qualquer atacante que atuou no futebol brasileiro no mesmo período. Gignac tem 147 gols marcados, tendo 19 bolas na rede a mais do que Gabriel, que lidera a lista de artilheiros do Brasil no perídodo. Veja a lista completa abaixo:

JOGADOR CLUBES GOLS
1 Gabriel Santos e Flamengo 128
2 Diego Souza Sport, Fluminense, São Paulo, Botafogo e Grêmio 109
Ricardo Oliveira Santos, Atlético-MG e Coritiba 109
4 Fred Fluminense, Atlético-MG e Cruzeiro 104
5 Bruno Henrique Goiás, Santos e Flamengo 87
Roger Chapecoense, RB Brasil, Bahia, Ponte Preta, Botafogo, Inter, Corinthians, Ceará e Operário-PR 87
7 Guerrero Internacional, Corinthians e Flamengo 83
8 Gilberto Vasco, São Paulo e Bahia 80
9 Arrascaeta Cruzeiro e Flamengo 78
Wellington Paulista Coritiba, Fluminense, Ponte Preta, Chapecoense e Fortaleza 78

Gignac negociou com o Flamengo em 2019

Vale lembrar que, Gignac já quase foi jogador do Flamengo. No ano de 2019, a pedido do técnico Jorge Jesus, o atacante francês esteve em tratativas avançadas com o clube da Gávea, que na ocasião, buscava um concorrente de posição para Gabriel. Entretanto, a questão salarial não avançou, e Gignac permaneceu no Tigres.

Na época, a imprensa mexicana noticiou que o Flamengo estaria interessado mais uma vez em contar com o jogador de 33 anos, que defendeu a Seleção Francesa na Copa do Mundo de 2010 e na Eurocopa de 2016. Em seis anos no clube de Monterrey, ele disputou um total de 247 partidas, com 147 gols marcados. Seu vínculo se encerra em maio de 2021, e neste momento, Gignac está livre no mercado para assinar um pré-contrato com qualquer equipe.

O jornalista Jorge Nicola, do canal de TV ESPN, destacou que as negociações estavam avançadas e que um desfecho positivo poderia acontecer em questão de dias. Entretanto, sabe-se que outros clubes do futebol brasileiro estavam interessados na contratação deste jogador, sobretudo o Internacional.

"Eu tenho uma fonte, um empresário que trabalha muito fortemente no futebol mexicano, buscando jogadores da América do Sul para levar para lá, e vice-versa. Esse empresário foi procurado pelo Flamengo, para tratar sobre alternativas para a camisa 9", contou o comentarista na época.

"E esse empresário me garantiu que as conversas entre Flamengo, Tigres e Gignac avançaram bem nos últimos dias, e que esse é o nome pedido por Jorge Jesus para a última vaga, o último reforço do Flamengo para a temporada de 2019", completou Nicola.

Caso a contratação se concretizasse, o Flamengo estaria disposto a pagar cerca de 3 milhões de euros ( aproximadamente R$ 12 milhões na cotação da época).