São Paulo tenta a contratação de Daniel Alves, mas esbarra na concorrência de europeus

Segundo informações do jornalista Jorge Nicola, o São Paulo ofereceu uma proposta ao jogador, que está atualmente livre no mercado. Contrato seria de dois anos e meio.

Por Talis Andrey de Mello
Compartilhe

Livre no mercado desde o fim da temporada passada, o lateral-direito Daniel Alves pode estar muito próximo de retornar ao futebol brasileiro. Segundo informações do jornalista Jorge Nicola, o tricolor paulista já contatou o jogador e seus empresários para saber sobre valores e a possibilidade de contratação. Desde a Copa América, na qual o lateral foi campeão como capitão da seleção brasileira, as duas partes começaram a conversar. Após cerca de um mês de negociação, o clube paulista estaria disputando o reforço com a Juventus, da Itália (time que já defendeu em 2016/17) e dois time da Espanha. 

Segundo a publicação, o atleta tem pedido aos clubes europeus, cifras na casa dos € 5 milhões (R$ 21,1 milhões) por temporada, somando salários e luvas. Isso é o mesmo que R$ 1,7 milhão por mês, montante que nenhum atleta no futebol brasileiro ganha.

Para conseguir a contratação de Daniel Alves, o São Paulo tem dois pontos como vantagem sobre os demais concorrentes:

1- Dentre todas as propostas oferecidas ao jogador, o time brasileiro foi o que ofereceu o contrato mais longo, de cerca de dois anos e meio. Se isso acontecer, Daniel Alves será jogador do tricolor paulista até dezembro de 2021, quando terá 38 anos de idade.

Daniel Alves recebeu proposta do São Paulo. (Foto:UOL)
Daniel Alves recebeu proposta do São Paulo. (Foto:UOL)

 

2- Daniel Alves nunca escondeu ser torcedor do São Paulo, e já declarou publicamente diversas vezes que tem o desejo de atuar pelo clube antes de encerrar a sua carreira.

Atualmente, o São Paulo está carente de jogadores para a lateral-direita, tendo apenas o jovem Igor Vinícius, na posição. Além disso, o volante Hudson já atuou por muitos jogos improvisado e também já teve o meia Tchê Tchê.

Torcedor: compartilhe
Siga nas redes
Comentários
Carregar comentários
Assista ao nosso último vídeo:
Inscreva-se no canal