O que era muito falado pela imprensa europeia nas últimas semanas, finalmente aconteceu.O meio-campista recebeu uma série de elogios de Unai Emery, técnico do time inglês, e não receberia outras oportunidades de Zidane no Real Madrid. O negócio ficou por tempo arriscado, após a grave lesão de Asensio. Entretanto, o negócio foi concretizado e os clubes anunciaram oficialmente a negociação.

O Arsenal anunciou a chegada do meia espanhol através de suas redes sociais. Em entrevista ao site oficial do clube, o técnico Unai Emery comentou sobre a chegada de Ceballos nos Gunners:

"Estamos animados por ver Dani se juntar a nós. Ele é um jogador talentoso com muita habilidade, criatividade e precisão", disse o técnico Unai Emery ao site oficial do clube da Premier League.

O negócio já era comentado há alguns dias, mas a lesão de Marco Asensio, que rompeu os ligamentos do joelho em amistoso justamente contra o Arsenal, levantou dúvidas sobre a ida de Ceballos para Londres. Ceballos jogou na base do Sevilla, sendo posteriormente revelado pelo Betis, onde assinou seu primeiro contrato profissional. Contratado pelo Real Madrid em 2017, ele tem um contrato de seis anos com o time espanhol, mas não estava nos planos de Zidane para a próxima temporada.

No clube inglês, Dani Ceballos irá utilizar a camisa 8, que ficou vaga após a saída de Ramsey, que foi negociado com a Juventus. Com isso, o clube inglês fica a espera de concretizar a contratação do atacante Zaha, do Crystal Palace. Caso não consiga efetuar esta contratação, informações da imprensa inglesa dão conta de que o "plano B" do Arsenal é o atacante Éverton "Cebolinha", do Grêmio.