Após anunciar a contratação do meia Nenê, o Fluminense continua buscando reforços para o restante da temporada. Após a perda do atacante Luciano, o tricolor carioca buscou um investimento em um velho conhecido do clube: O meia-atacante Wellington Nem. A conversa trata da possibilidade de ter o atacante por empréstimo até 31 de dezembro.

A ideia tricolor é não pagar pela liberação e estabelecer no contrato as condições para renová-lo por mais um ano e definir o valor para compra de parte dos direitos. Não houve acerto definitivo e tampouco assinatura do acordo, mas há otimismo nas Laranjeiras para o desfecho positivo. O Fluminense conta com o desejo de Nem em voltar ao clube que o revelou. Para tal, o Tricolor conta com a compreensão do atleta para aceitar um salário abaixo do que recebe na Ucrânia.

Wellington Nem pode estar retornando ao Fluminense. (Foto: Divulgação)
Wellington Nem pode estar retornando ao Fluminense. (Foto: Divulgação)

 Na última segunda-feira, o novo presidente do Fluminense, Mário Bittencourt, admitiu que há interesse do Fluminense em contar com o jogador, e que existe negociação:

"É um desejo de ambas as partes. Não temos nada bem encaminhado ou concretizado até porque é bem difícil negociar com o Shaktar. Se dessa vez conseguirmos uma facilidade maior e tivermos uma possibilidade, com certeza desejamos."

A atual administração contratou Muriel e Nenê. Além disso, tenta reforçar o elenco de Fernando Diniz com Nem, um zagueiro e um lateral-esquerdo. O atacante foi vendido em 2013 ao Shakhtar, com quem tem contrato até junho de 2020. Estas buscas de reforços driblam o caótico momento financeiro do time carioca, que tenta sair de suas milionárias dívidas atualmente.