Com a inesperada saída do meia-atacante Ricardo Goulart, que voltou para o futebol chinês, o Palmeiras já trabalha em alguns nomes para substituir o jogador. E, entre vários nomes estudados, um deles agrada a diretoria do Verdão e pode retornar ao futebol brasileiro.

Trata-se do meia Oscar, que foi revelado pelo Internacional, e já teve passagens pelo Chelsea e pela seleção brasileira.  O nome do brasileiro apareceu na lista de reforços, mas, por enquanto, não há nada oficialmente por parte do Verdão e pode receber uma investida até o final do ano, conforme relatou o site "Notícias Palmeiras".

Não é de hoje que o nome do brasileiro tem sido um sonho antigo do comandante alviverde; surgiu em outras ocasiões quando o treinador estava no futebol chinês também tentou levar o meia-atacante para a sua equipe. No entanto, as conversas não avançaram por conta do contrato que o meia-atacante Oscar tinha em seu clube na China e desta vez surgiu novamente para ir ao Verdão.

 

O jogador vê com bons olhos um possível retorno ao Brasil caso receba uma proposta já que almeja voltar na rota de convocações do técnico Tite para atuar novamente na Seleção Brasileira em 2019, preferindo deixar as procuras e sondagens nas mãos de seu intermediário que está cuidando do caso, enquanto tenta cumprir o seu contrato com o seu clube. Com isso, o Verdão está atento à situação.

Entretanto, para contratar Oscar, o Palmeiras terá que desembolsar uma quantia histórica: Oscar é um dos jogadores mais bem pagos do futebol mundial, e mesmo que aceite reduzir muito a sua pedida, o clube paulista terá que pagar o maior salário da América Latina para o jogador, e pensa em oferecer cerca de 1,7 milhão de reais por mês, conforme alguns setoristas.