Um dos destaques do Corinthians campeão brasileiro em 2017, Guilherme Arana foi negociado com o Sevilla, mas não teve sucesso na Espanha. Por conta disso, quase voltou ao Brasil para defender o time que o revelou, mas o negócio não andou.

Em entrevista ao canal de TV Fox Sports, o ex-jogador corintiano revelou que quase voltou a vestir a camisa do clube paulista, mas garantiu que quer trabalhar duro para voltar a ter chances no time espanhol. Entretanto, caso seja negociado com o futebol brasileiro, deu preferência para o Corinthians, mas deixou claro que pode ir para outros clubes:

"Teve a proposta, entre Corinthians e eu estava acertado. O que deu errado foi entre os clubes. Fico feliz pelo Corinthians tentar me repatriar, mostra que fiz um bom papel. Sou profissional, sigo no Sevilla, estou de férias e trabalhando para chegar na melhor forma", afirmou Arana, que completou:

"Jogos Olímpicos estão se aproximando. Corinthians tem a preferência maior, mas não descarto outros clubes. Sou profissional. Converso com minha família, as melhores decisões resolvemos entre nós. Eu bem, minha família bem, o resto vai acontecer", finalizou.

 Outro ponto que o ex-corintiano resolveu esclarecer foi de que houve problemas de relacionamento com a comissão técnica e com o clube, já que fez apenas 22 jogos nessa temporada:

"Vinha jogando pelo Sevilla, de uma hora para outra comecei a não ser relacionado, não jogava mais. Creio que não (teve briga), da minha parte sempre fui muito profissional, trabalhei bastante. Tenho meus objetivos, Seleção Brasileira e Olímpica. Tenho que jogar. Apareceu o Corinthians, entre jogador e clube estava acertado. Não deu certo, agora é colocar a cabeça no Sevilla, trabalhar bastante no final das férias e chegar bem fisicamente para mostrar que estou aqui.