Bayern garante que só aceita negociar com Sané caso o jogador queira sair do Manchester City

Segundo os dirigentes do Bayern de Munique, o clube irá esperar a decisão do atleta para então, estabelecer alguma proposta oficial para comprar o atleta.

Por Talis Andrey de Mello
Compartilhe

Um dos nomes fortes no departamento de futebol do Bayern de Munique, Karl-Heinz Rummenigge, declarou que o clube está disposto a negociar com o Manchester City o atacante alemão LeRoy Sané. Entretanto, a principal condição estabelecida pelos dirigentes do clube bávaro é, no mínimo, inusitada.

Segundo o mandatário do Bayern de Munique, Sané terá que, primeiro, decidir o seu futuro no Manchester City, para depois disso, oferecer uma proposta concreta ao jogador. Confira as declarações do dirigente:

"O jogador é o fator mais importante. Aparentemente, Leroy não decidiu ainda", afirmou Rummenige em entrevista ao Sport Bild.

"Não fizemos nenhuma proposta por Sané. Não estamos tão longe assim, mas primeiro o jogador precisa decidir se ele se imagina vindo para o Bayern. Se esse é o caso, negociaremos", completou.

O futuro de Sané está completamente aberto. O atacante de 23 anos estaria insatisfeito com o baixo número de chances recebidas pelo técnico Guardiola na última temporada. Inclusive, em momentos decisivos da temporada, como a semifinal da Liga dos Campeões, o jogador atuou por poucos minutos nas duas partidas diante do Tottenham. Mesmo assim, Guardiola já declarou publicamente que pretende continuar com o jovem jogador.

Sané est insatiisfeito no Manchester City. (Foto: Marca)
Sané está insatisfeito no Manchester City. (Foto: Marca)

 

O atacante se transferiu do Schalke 04 para o Manchester City em 2016, conquistou duas vezes a Copa da Liga Inglesa, uma FA Cup, duas vezes consecutivas a Premier League e ainda tem dois anos restantes de contrato.

Além do Bayern de Munique, Sané já foi sondado por diversos clubes do futebol mundial, como Barcelona a até mesmo o Real Madrid. Entretanto, a diretoria do City pediu um valor impagável pelo atleta, e a negociação não avançou.

Torcedor: compartilhe
Siga nas redes
Comentários
Carregar comentários
Assista ao nosso último vídeo:
Inscreva-se no canal