Santos monta lista de despensa e pode economizar R$1 milhão a menos por mês

Com elenco recheado de jogadores pouco aproveitados, clube paulista mira enxugar a folha salarial do clube. Com lista de dispensas, economia pode chegar a R$1 milhão por mês.

Por Talis Andrey de Mello
Compartilhe

Com o intuito de diminuir os gastos com a folha salarial do clube, o Santos montou nos últimos dias uma lista de despensas. O objetivo da diretoria alvinegra é se desfazer de pelo menos oito jogadores até o fim da da janela internacional de transferências, que se encerra em julho.

Com tudo isso, a ideia dos dirigentes santistas é conseguir economizar 1 milhão de reais por mês com salários de atletas que não estão sendo aproveitados pelo técnico Jorge Sampaoli. Arthur já treina pela Chapecoense, Yuri está perto de ser anunciado pelo Fluminense. Ambos saem até dezembro. O atacante terá os salários integralmente pagos pela Chape, enquanto o Peixe dividirá os vencimentos do volante com o Flu.

Copete foi procurado pela Chapecoense, mas o alto salário de R$300 mil impossibilitou a negociação. Com isso, o atacante negocia o retorno ao Atlético Nacional, da Colômbia, para junho. Com isso, o Santos pretende se desfazer do jogador em definitivo, mas aceita um empréstimo, caso a equipe colombiana aceite arcar com a maior parte dos honorários do atleta.

Copete pode estar de saída do Santos. (Foto: Divulgação)Copete pode estar de saída do Santos. (Foto: Divulgação)

Felippe Cardoso recebeu proposta do Vitória, mas optou por permanecer na Vila Belmiro, com o objetivo de receber novas chances de Sampaoli, mesmo que momentaneamente, esteja fora dos planos do clube. O jogador tenta seguir o exemplo de Eduardo Sasha, que superou as expectativas e hoje é um dos principais jogadores do elenco santista.

CASOS MAIS DIFÍCEIS

Enquanto isso, o Santos tenta resolver dois grandes problemas: Cleber Reis e Bryan Ruiz, ambos com treinamentos em separado do restante do elenco.

Juntos, os dois ganham cerca de R$ 600 mil por mês e não há propostas concretas neste momento. No caso de Cleber, houve interesse do Oeste para a Série B, mas o clube não aceitou arcar com mais de R$ 50 mil e a negociação por uma troca com o jovem Pedrinho não avançou.

O Peixe vê chance de negociar Bryan depois da Copa Ouro. O meia deve ser convocado pela seleção da Costa Rica. Houve sondagem recente da MLS.

A situação de Guilherme Nunes também é complexa. O volante recebe um salário alto para quem não teve sequência no elenco profissional e ainda tem aumento previsto para esse mês de maio. Esse foi o motivo da negociação encaminhada com o Atlético-GO esfriar. Clubes como América-MG, Avaí, Coritiba, Figueirense e Guarani fizeram sondagens recentes.

Orinho, com contrato até o fim de maio, apenas espera o término do vínculo. Ele não treina mais com os profissionais. Seus representantes dizem ter uma situação encaminhada com um clube da Série A.

Yuri Alberto, de 18 anos, também não tem espaço com Sampaoli, mas o Santos deve utilizá-lo na base, como contra o Corinthians pela equipe sub-20 na última sexta-feira.

Mais sobre: santos sampaoli copete
Torcedor: compartilhe
Siga nas redes
Comentários
Carregar comentários
Assista ao nosso último vídeo:
Inscreva-se no canal