Em busca de mais reforços para a disputa do campeonato brasileiro e da Copa do Brasil, o São Paulo está atento ao mercado da bola. E desta vez, o clube paulista já tem um alvo definido para uma possível negociação.

O nome da vez é o zagueiro Gustavo Henrique, do Santos. Com contrato até janeiro de 2020, o defensor santista é observado pelos dirigentes são-paulinos, que tem o objetivo de contratar jogadores com contratos no fim. O São Paulo sabe que pode haver interesse de clubes estrangeiros por Arboleda na janela de transferências internacional de julho, quando o mercado reabre no verão europeu e tem mais movimentações.

Por isso, o clube está de olho em opções e observa a situação do defensor santista. Hoje, além de Arboleda, o técnico Cuca tem Bruno Alves, Anderson Martins, Walce, Rodrigo e Lucas Kal como opções no elenco.

Zagueiro titular com o técnico Jorge Sampaoli, Gustavo Henrique pode a partir de agosto assinar um pré-contrato com qualquer clube. Até o momento, o Santos não iniciou as negociações para ampliar o vínculo do defensor revelado na base.

Com o risco de perder um jogador de graça, o Santos tem pouco mais de cinco meses para convencer o jogador a renovar o seu vínculo, antes que outros clubes comecem a apresentar propostas formais. Sempre que questionado sobre o assunto, no entanto, o zagueiro afirma que sua prioridade no futebol brasileiro é seguir no Santos:

- Tenho contrato, estou feliz e focado. Ainda não chegou nada de renovação e nem de outros clubes. Só quero estar bem, fazer meu trabalho sem lesões. Minha preferência sempre vai ser o Santos - disse Gustavo Henrique na última segunda-feira, na festa de premiação do Campeonato Paulista.