Após a eliminação do Atlético-MG na Copa Libertadores da América, outro fato pode agitar os bastidores do clube mineiro. A saída de Ricardo Oliveira parece cada vez mais certa, e o Santos deve fazer o possível e o impossível para ter o jogador.

Todo este esforço do clube paulista tem um nome: Jorge Sampaoli. O nome do camisa 9 do Galo, que já teve passagem vitoriosa pelo clube santista ganhou muita força após o fracasso do Galo na competição continental, e a diretoria promete fazer uma proposta irrecusável para contratar o atleta.

Insistente por um desfecho positivo nas negociações, Sampaoli mantém contato com Ricardo Oliveira, que, apesar de estar satisfeito em Belo Horizonte, não é contrário a um retorno ao Santos.

- A diretoria sabe quais são meus pedidos. A possibilidade que venha Ricardo (Oliveira)... É uma possibilidade que nós falamos, é um jogador que estava no Santos e que nos daria muita experiência e capacidade. O presidente tem que tomar a decisão. Eu tenho clara as nossas necessidades - afirmou Sampaoli, em entrevista no início deste mês.

O Santos já chegou a uma tentativa de oferecer um contrato de produtividade ao atacante, e o pagamento por gol seria de 20 mil reais. Entretanto, é necessário dizer que o Atlético-MG não pretende fazer jogo fácil, e não quer, de nenhuma maneira, se desfazer de seu artilheiro.

Ricardo Oliveira teve duas passagens pelo Santos: em 2003 e de 2015 até o fim de 2017, quando deixou o clube e acertou com o Galo. Nesta temporada, o Pastor fez 12 gols em 17 partidas disputadas.