Fortaleza oficializa a contratação de Kieza

O anúncio oficial foi feito na noite da última segunda-feira. Contrato deve ser de empréstimo até o fim de 2019, e segundo rumores, o salário será dividido entre Fortaleza e Botafogo.

Por Talis Andrey de Mello
Compartilhe

O Fortaleza oficializou, na noite da última segunda-feira, a contratação do atacante Kieza, que estava no Botafogo.  O jogador estava sendo muito pouco aproveitado no clube carioca e chega por empréstimo até o fim de 2019.

Com passagens por Náutico, Bahia e Vitoria, o atacante tem a maioria de seus gols marcados em clubes nordestinos. Pelo Botafogo em 2019, Kieza tem 11 jogos e um gol. Em 2018, pelo mesmo clube, foram 40 jogos e 10 gols.

Contratado no início de 2018 para ser a solução do sistema ofensivo do Botafogo, Kieza não conseguiu corresponder a expectativa da diretoria e da imprensa. No ano passado, marcou 10 gols, o que deixou a cúpula alvinegra entusiasmada, mas o desempenho em 2019 decepcionou e muito. 

Kieza não estava sendo aproveitado no Botafogo. (Foto: DOL)Kieza não estava sendo aproveitado no Botafogo. (Foto: DOL)

A situação de Kieza ficou ainda mais complicada quando Diego Souza foi contratado, vindo do São Paulo. Desde então, o jogador passou a figurar apenas no banco de reservas, e recebendo pouquíssimas chances.

Na eliminação do alvinegro para o Juventude, na terceira fase da Copa do Brasil, o jogador perdeu uma grande chance, e com a queda da equipe na competição, foi extremamente questionado pela torcida. Como tem mais um ano de contrato com o Botafogo, o empresário do atleta o ofereceu para o Fortaleza, que aceitou o empréstimo.

Segundo rumores, o jogador irá receber um salário de cerca de 120 mil reais, dividido entre os dois clubes. Kieza tem 32 anos e foi revelado pelo Fluminense, em 2009. Após o clube carioca, rodou pelo futebol brasileiro e atuou por diversos clubes, como Cruzeiro, São Paulo, Náutico e Vitória.

Torcedor: compartilhe
Siga nas redes
Comentários
Carregar comentários
Assista ao nosso último vídeo:
Inscreva-se no canal