Com a confirmação da venda de Arrascaeta para o Flamengo, o Cruzeiro realizou a venda mais cara da história do futebol brasileiro e de sua própria existência. O Rubro-Negro irá pagar ao clube mineiro cerca de R$ 55 milhões pelo meia uruguaio.

A venda de Arrascaeta sem sombras de dúvidas supera e longe a venda do Internacional por Leandro Damião, ao Santos, em 2013 - o atacante na época custou aos cofres do clube santista R$ 41,6 milhões.

Arrascaeta custou ao Flamengo mais do que os 10 milhões de euros pedidos pelo Cruzeiro.
Arrascaeta custou ao Flamengo mais do que os 10 milhões de euros pedidos pelo Cruzeiro.

Com a cotação do câmbio, uma vez que na verdade a negociação foi feita em euros - o atleta cruzeirense custou 13 milhões de euros ao flamengo, a mesma acabou se tornando a maior negociação da história do Cruzeiro, batendo assim os valores pagos por Geovanni, em 2001 e Ricardo Goulart, em 2015.

A negociação inteira envolvendo a transferência de Arrascaeta; agora ex-Cruzeiro para o Flamengo, deverá girar muito próximo a casa dos 18 milhões de euros, contando todos os valores a serem distribuídos - visto que o agente e o clube formador do atleta também terão direito a receber um valor nesta negociação.

Mesmo prometendo acionar o Flamengo junto a CBF e a FIFA por aliciamento, o Cruzeiro admitiu na última sexta-feira negociar o meia uruguaio, aonde pediu 10 milhões de euros, mais o perdão da dívida com o Defensor e o Atenas - ex-clubes de Arrascaeta e a partir daí o Flamengo deu seguimento nas negociações, uma vez que Arrascaeta após se apresentar no último dia 03 ao Cruzeiro e ficar apenas na parte inicial da palestra de reapresentação; desde então não compareceu mais a "Toca da Raposa", dando claros indícios de que não queria mais ficar no Cruzeiro.