De olho em Marcos Alonso, Real Madrid pode liberar Marcelo a Juventus

Marcelo que recentemente renovou seu contrato com o clube da capital espanhola tem vínculo com o Real até 2022.

Por
Compartilhe

Parece que os dias de Marcelo estão contados no Real Madrid – com o técnico Julen Lopetegui querendo um novo lateral-esquerdo para os “merengues”, o brasileiro poderá nesses dois últimos dias de janela de transferências, ainda se transferir para a Juventus, seguindo assim o seu amigo e ex-companheiro de time, Cristiano Ronaldo.

A informação é do jornal italiano “Tuttosport”, que declarou nesta quarta-feira que o Real Madrid deseja Marcos Alonso, com isso, estaria disposto a liberar Marcelo para o time de Turim. O diário diz que o clube merengue vem fazendo contato com o Chelsea para buscar uma forma de negociação pelo lateral-esquerdo – que também pode atuar como zagueiro.

Sendo um dos “sonhos de consumo” de Lopetegui, Marcos Alonso poderia servir como uma espécie de “coringa” para o treinador espanhol em seu time.

Vale lembrar que na última terça-feira, o mesmo jornal já havia informado de uma possível ida do lateral brasileiro a Juventus e se a última informação do mesmo for concretizada, a saída de Marcelo do Real Madrid, com certeza seria facilitada, o que abriria as portas para ele na Juventus – clube esse que levou Cristiano Ronaldo.

Marcelo que recentemente renovou seu contrato com o clube da capital espanhola tem vínculo com o Real até 2022, o que dá margem de tranquilidade para a direção merengue negociar uma saída do jogador brasileiro de forma tranquila e ainda solicitar cifras maiores ao clube italiano, porém, a Juventus dificilmente investirá um valor enorme em Marcelo.

Os rumores de uma provável saída do lateral brasileiro começaram a ganhar força depois do ocorrido durante a partida sobre o Girona, pelo Campeonato Espanhol, onde o treinador do clube merengue substituiu Marcelo logo no início do segundo tempo e consequentemente não aceito pelo jogador, que deixou clara a sua insatisfação em entrevista após o jogo.

“Estou surpreso, até porque não havíamos conversado, mas respeito à decisão do treinador. É claro que o jogador quer sempre jogar a partida toda, eu queria continuar porque me encontro bem, 100%”, declarou o brasileiro na zona mista do Santiago Bernabeu.

Marcelo não gostou nada de ser substituído logo no início do segundo-tempo diante do Girona, pelo Campeonato Espanhol.Marcelo não gostou nada de ser substituído logo no início do segundo-tempo diante do Girona, pelo Campeonato Espanhol.

Comentários