Edinson Cavani entra na mira do Real Madrid, diz jornal

Cavani possui contrato com o Paris Saint-Germain até 2020 e como já tem mais de 30 anos, o craque uruguaio dificilmente custaria mais de 100 milhões de euros

Por
Compartilhe

Depois da saída de Cristiano Ronaldo o Real Madrid tenta encontrar um nome a altura para suprir a falta do português em seu elenco e na mira do clube espanhol, poderá estar o atacante uruguaio Edinson Cavani, do Paris Saint-Germain.

As informações são do diário espanhol “AS”, que indica que o caminho do uruguaio está aberto, caso o jogador aceita atuar na Espanha. O clube merengue estaria disposto a oferecer a Cavani um contrato por três temporadas, onde o mesmo poderia encerra sua carreira em alto nível.

Edinson Cavani - a esquerda estaria na mira do Real Madrid, diz diário espanhol, nesta quarta-feira.Edinson Cavani - a esquerda estaria na mira do Real Madrid, diz diário espanhol, nesta quarta-feira.

Pelo Paris Saint-Germain, Edinson Cavani assumiu o protagonismo após a saída de Ibrahimovic na temporada retrasada e mesmo com a badalada chegada de Neymar na última, soube manter sua regularidade e sua estrela, onde em 48 partidas disputadas marcou 40 gols (temporada 2017/2018). Atualmente ele é um dos nomes de confiança do presidente do PSG – o catari Nasser Al Khelaifi.

Com uma boa relação entre os clubes, a saída do atacante uruguaio para o Real Madrid não pode ser descartada e muito menos seria dificultada, visto que seria uma oportunidade do presidente do clube francês regularizar um pouco as contas e assim aliviar a situação do Paris Saint-Germain diante do “Fair Play Financeiro”.

Cavani possui contrato com o Paris Saint-Germain até 2020 e como já tem mais de 30 anos, o craque uruguaio dificilmente custaria mais de 100 milhões de euros – exatamente o que estaria nos planos de gastos do Real Madrid. Porém, para a concretização do negócio, o atacante teria que aceitar uma diferença em seus vencimentos, visto que no clube francês ele recebe algo muito próximo a 12 milhões de euros por ano.

Comentários