Alisson se torna o goleiro mais caro do mundo ao se transferir para o Liverpool

Em sua carreira, Alisson pelo Internacional disputou 108 partidas (2013-2016), pela Roma foram 64 jogos (2016-2017) e pela Seleção Brasileira mais 31 partidas.

Por
Compartilhe

Ontem (quinta-feira) no final da tarde, o Liverpool confirmou a contratação do goleiro brasileiro Alisson – o goleiro mais caro da história do futebol mundial.

Conforme especulado nas últimas semanas, o Liverpool oficializou nesta última quinta-feira a contratação de Alisson, da Roma. O clube inglês irá desembolsar a Roma 62,5 milhões de euros (algo em torno de R$ 278 milhões) fixos, mais 10 milhões em variáveis, de acordo com as informações do clube italiano.

Alisson Becker - goleiro do Liverpool.Alisson Becker - goleiro do Liverpool.

Com a confirmação da negociação, Alisson (ex-Internacional e Roma) se torna o goleiro mais caro da história do futebol, ultrapassando assim arqueiros como Buffon – Juventus (52,8 milhões de euros), Ederson – Manchester City (40 milhões de euros) e Manuel Neuer – Bayern de Munique (30 milhões de euros).

Em seu novo clube, o goleiro da seleção brasileira passará a receber um salário anual de 5 milhões de euros, por cinco anos de contrato. Em suas primeiras palavras já em seu novo clube, Alisson disse estar realizando um sonho ao vestir uma camisa tão prestigiada.

“Estou muito feliz, é um sonho que está se tornando realidade ao usar uma camisa tão prestigiada, de um clube deste tamanho. Na minha carreira, é um grande passo fazer parte deste clube e desta família. Podem estar certos de que darei tudo de mim”, declarou ele.

Quem gostou muito da ideia de ter um novo goleiro no time, foi o treinador do Liverpool – Jürgen Klopp, que em entrevista ao site oficial do clube, não poupou elogios ao brasileiro.

“Nas últimas semanas surgiu à oportunidade de contratar um dos melhores goleiros do mundo. Então decidimos rápido. Era só ter uma conversa com os donos. Eles estavam muito animados, então nós fechamos o negócio. Alisson já teve muita experiência nos últimos anos, na Itália. Ele jogou lá em um nível excepcional e fez o mesmo na Copa do Mundo. Como todos nós, ele precisa se adaptar a Premier League. Aqui é diferente, os árbitros são diferentes, a vida de um goleiro é diferente aqui. Mas isso não é importante agora, nós o contratamos por causa de seus pontos fortes, que estão em um nível mais alto”, finalizou o comandante técnico do clube inglês.

Mais sobre: liverpool roma alisson
Comentários