Segundo informações do "Mundo da Bola", a Juventus se prepara para gastar até R$ 1 bilhão na próxima janela de transferências, que abrirá após a Copa do Mundo da Rússia, em julho.

De acordo com as últimas informações vindas de Turim, na Itália, a "Velha Senhora" estaria com um planejamento de buscar no mercado de transferência até sete jogadores para reforçar o elenco que hoje possui. Obviamente já pensando em perder algumas peças; peças essa como a do seu goleiro titular, uma vez que Buffon não irá renovar seu contrato com o time. O vínculo do goleiro de 40 anos acaba no dia 30 de junho e a partir de então, o mesmo estará livre para assinar com outro clube - o seu destino deve ser o PSG.

Para o jornal espanhol "Marca", a Juventus tem como prioridade reforçar sua defesa, meio e ataque e na mira para essas posições estão alguns jogadores como: Perin - Genoa, José Maria Giménez - Atlético de Madrid, Darmian - Manchester United, Emre Can - Liverpool, Kovacic - Real Madrid e Álvaro Morata - Chelsea.

Se pegarmos os sete nomes acima citados, a "Velha Senhora" teria que desembolsar cerca de 230 milhões de euros para contratar todos eles. Entre os nomes sugeridos, o que está em estágio de negociação mais avançado é o do atacante Morata, que já defendeu o time italiano em 2015.

Além dos nomes acima citados, a direção da "Juve" corre para fechar com Douglas Costa, cujo passe pertence ao Bayern de Munique - tendo ela a opção de exercer o direito de compra ao fim do contrato de empréstimo, que se encerra no final deste mês.