Com o final das competições europeias, começam os boatos sobre o mercado da bola e um deles vem da Inglaterra, onde o Liverpool informou que seu artilheiro não deixará o clube por pouco dinheiro.

Falamos do egípcio Mohamed Salah, que segundo o jornal inglês "The Sun" só deixará os "Reds" por 227 milhões de euros, ou seja, 5 milhões a mais que o Paris Saint-Germain pagou a Neymar na metade do ano passado ao Barcelona, tornando-se assim o jogador mais caro da história do futebol mundial.

 Com o atacante na mira do próprio PSG e do Real Madrid, o clube inglês é sabedor das dificuldades de manter o egípcio em seu elenco, mas a direção do mesmo já declarou que não facilitará a sua saída, cobrando um preço alto por isso.

Em 41 partidas disputadas até o momento nesta temporada, Salah e o artilheiro do Liverpool e da Premier League com 28 gols marcados- ao todo o atacante possui 36 gols na temporada; já por sua seleção, o atacante soma em duas partidas disputadas, um gol.

Mohamed Salah que chegou ao Liverpool em julho de 2017 quando foi vendido pela Roma por 42 milhões de euros, tem passagem pelo Chelsea, Basel, Fiorentina e pelo Al-Mokawlonn - clube ao qual foi formado.