Nome mais badalado da janela de transferências neste início de 2021 é o do atacante colombiano Rafael Santos Borré. O jogador do River Plate, além de ser considerado como o melhor de sua posição na América do Sul, também já está livre para assinar um pré-contrato com qualquer equipe, tendo em vista que o seu contrato com o River Plate termina em junho deste ano.

Com isso, Borré se tornou o sonho de consumo dos clubes brasileiros. São Paulo e Palmeiras foram os primeiros clubes a consultar o jogador. O tricolor paulista desistiu pelas altas cifras, estas que seriam pagas pelo Palmeiras se não fosse a possibilidade de uma nova paralisação do futebol brasileiro por conta da pandemia.

Desta vez, quem está muito disposto a contar com o futebol de Borré é o Grêmio. Em busca de nomes de peso, o tricolor gaúcho já realizou duas propostas oficiais, e agora espera a resposta do jogador, que prefere aguardar possíveis interessados no futebol europeu. A proposta gremista, com salário próximo de R$1,5 milhão mensais, agradou Borré e seu staff.

Grêmio já realizou proposta oficial pela contratação de Borré, que analisa definição do futuro. (Foto: Reprodução)
Grêmio já realizou proposta oficial pela contratação de Borré, que analisa definição do futuro. (Foto: Reprodução)

Celta de Vigo e Lazio interessados em Borré

Entretanto, existem dois interessados na Europa que pensam em realizar alguma investida por Borré: Celta de Vigo, da Espanha, além da Lazio, da Itália. Os espanhóis, que não fazem boa temporada na La Liga, consideram o negócio caro, e não irão realizar nenhuma proposta oficial, de acordo com informações do jornalista Diogo Rossi.

A Lazio, mais nova interessada no futebol de Borré, analisa se a contratação de fato, pode ser interessante. Entretanto, alguns pontos podem pesar contra o jogador, como por exemplo, a idade "avançada". Aos 25 anos de idade, Borré é considerado um jogador que não se encaixa no perfil de altos investimentos. Além disso, por não ser presença constante dentro da seleção colombiana, o seu desempenho gera dúvidas aos interessados na Europa.

O passe de Borré hoje está dividido em: 50% do River Plate, e 50% do Atletico de Madrid, clube que defendeu entre os anos de 2015 e 2017. Atualmente, seu valor de mercado está estabelecido em 15 milhões de euros (cerca de R$99 milhões na cotação atual).

Por já ser autorizado a assinar um pré-contrato com qualquer equipe, Borré não precisa esperar nenhuma aberta ou fechamento de janela de transferências em qualquer país do mundo. Assinando um pré-contrato, o jogador será deste clube assim que a janela de transferências do país abrir.