Sem dúvidas, o produto mais precioso do mercado do futebol sul-americano tem nome e sobrenome: Rafael Santos Borré, colombiano, de 25 anos de idade, e que está de saída do River Plate. Faltando pouco mais de 3 meses para o fim de seu contrato com o clube argentino, o jogador já decidiu por não renovar seu contrato, e com isso, vem sendo procurado por diversos clubes brasileiros.

E, após algumas semanas de negociações com o Palmeiras, o jogador passou de praticamente contratado para fora do radar, depois da ameaça de paralisação dos jogos. Os valores acertados entre as partes se tornava inviável sem o andamento das competições, e consequentemente, queda de receitas.

Sendo assim, o staff de Borré prioriza a ida para o futebol europeu. Entretanto, os valores para uma ida ao futebol brasileiro já seriam de conhecimento do Grêmio. As cifras são as seguintes:

  • Luvas de US$ 5 milhões (R$ 27,4 milhões) livres de impostos como prêmio pela assinatura do contrato;
  • Com este pagamento, o clube fica com 70% dos direitos econômicos, os outros 30% são do jogador;
  • Salário de US$ 167 mil (R$ 917 mil) por mês;
  • Bônus de até US$ 280 mil (R$ 1,5 milhão) por ano por metas estabelecidas em contrato.

Primeira proposta foi negada por Borré

A primeira investida da diretoria do Grêmio por Borré foi prontamente recusada. Segundo informações do jornalista Jorge Nicola, a primeira investida tricolor foi de, ao todo, cerca de R$1,1 milhão/mensais. Entretanto, tendo em vista a valorização do atacante colombiano no mercado, não houve sinalização positiva.

Juntamente com a grande valorização do jogador, os termos oferecidos pelo Palmeiras fizeram com que as cifras pedidas fossem maiores a partir de agora. As partes seguem negociando, e internamente, existe otimismo por um desfecho positivo dentro das tratativas.

Borré está no River Plate desde o ano de 2017, e de lá pra cá, é só retorno positivo. Campeão de uma edição da Libertadores, uma edição da Recopa Sul-Americana, entre outras conquistas nacionais. São 131 jogos, com 50 gols marcados, além de 16 assistências. Atualmente, seu valor de mercado é de 15 milhões de euros (cerca de R$82,5 milhões), e seu contrato com o River Plate vai até junho deste ano.