Um dos clubes mais saudáveis financeiramente, o Grêmio segue no mercado em busca dos tão pedidos reforços de peso para o técnico Renato Portaluppi. E, entre nomes especulados, negados e confirmados, mais um jogador entrou no radar da diretoria gremista: Trata-se do meia Cuellar, do Al-Hilal.

O volante colombiano, que ganhou destaque atuando pelo Flamengo em 2019, se transferiu ao mundo árabe na metade do mesmo ano, e segundo informação trazida pelo jornalista Alex Bagé, o Grêmio tentará fazer possível o retorno do jogador ao futebol brasileiro.

Depois do presidente do Grêmio, Romildo Bolzan Jr. confirmar que o clube gaúcho desistiu da contratação de Rafael Carioca, o Grêmio busca outras alternativas no mercado do exterior. O nome do jovem Gabriel Neves, do Nacional-URU, também está sendo observado.

Cuellar é um dos destaques do Al-Hilal, da Arábia Saudita. (Foto:Reprodução)
Cuellar é um dos destaques do Al-Hilal, da Arábia Saudita. (Foto:Reprodução)

Cuellar atualmente é um dos principais nomes do Al-Hilal, desde que foi contratado. Com valor de mercado estabelecido em 3,8 milhões de euros (cerca de R$24,6 milhões na cotação atual). Além do alto valor de mercado, os salários do jogador no mundo árabe ultrapassam R$1 milhão/mês.

Cuellar é desejo antigo da diretoria gremista

Já faz algum tempo que o colombiano está na mira da diretoria gremista. Na metade de 2020, o jogador foi procurado pelo Grêmio para saber da possibilidade de sua contratação. Na ocasião, os agentes de Cuellar não abriram nenhuma tratativa, pois o jogador tinha o desejo de permanecer no mundo árabe.

Aos 28 anos de idade, Cuellar foi revelado pelo Deportivo Cali, da Colômbia. Em 2015, foi emprestado ao Júnior Barranquilla, e em 2016, chegou ao Flamengo. De 2016 até 2019, teve passagem inconstante pelo rubro-negro, mas em seus últimos meses de clube, teve excelente desempenho.

Na atual temporada, com a camisa do Al-Hilal, Cuellar tem 21 partidas, das quais, em 74% delas foi titular. Entretanto, não possui nenhum gol marcado e nenhuma assistência. Pelo Al-Hilal, já venceu uma edição do Campeonato nacional da Arábia Saudita, além de uma edição da copa do país.