O Tricolor Paulista segue trabalhando "quietinho" na tentativa de viabilizar a contratação de Martín Benítez, segundo informações da ESPN.com.br, que apurou que o clube aqui em questão tem um acordo encaminhado com o Independiente pelo meia. No entanto, o clube paulista encontra duas barreiras para que o negócio possa ser confirmado.

Com contrato com o Vasco válido até junho deste ano, o Tricolor precisa que o Cruzmaltino o libere de seu empréstimo, onde o São Paulo e o Independiente já teriam negociações avançadas. Quanto ao Vasco, esse tem interesse em um atleta do clube paulista, aqui nos referimos a Shaylon e para poder libera Benítez, o Vasco quer o jogador do são-paulino e que o Tricolor ainda assuma uma dívida que tem com o Independiente.

Condições essas que não agradaram nos corredores do Morumbi. Além disso, existe outro problema. O Independiente sofreu uma punição da FIFA por conta de uma dívida não paga por contratações, assim sendo, os "Rojos" estariam impedidos de negociar ou comprar qualquer jogador.

Como para fechar o acordo com o São Paulo, Benítez tem que primeiramente retornar ao time argentino e depois ser novamente negociado, o Independiente precisará resolver sua situação junto a entidade máxima do futebol mundial.

Segundo a ESPN, o time argentino irá solicitar uma habilitação provisória para que o acordo possa ter final feliz, ou seja, um desfecho positivo para todos os lados. Vale salientar que Benítez é um pedido especial de Hernán Crespo - treinador do São Paulo, uma vez que o preparador físico do clube paulista - Alejandro Kohan já trabalhou com o meia aqui em destaque.

Contrato com o Vasco

Martín Benítez tem contrato por empréstimo junto ao Vasco até junho deste ano, renovado no início deste ano, após uma longa novela, onde teria desembolsado US$ 250 mil dólares ao time argentino e desta forma espera receber esse valor de volta para rescindir o contrato do jogador. Essa novela promete!