Bem distante de chegar a um acordo com o Flamengo, a 15 dias do término de seu contrato com o clube, Diego Alves estaria na mira do Benfica - de Portugal, diz o jornal "Record".

Segundo o diário português, Jorge Jesus - técnico do Benfica gostaria de voltar a trabalhar com o goleiro, do qual já comandou quando ainda treinava o Flamengo. Lembrando que essa não é a primeira vez que os "Encarnados" estaria interessados no atleta; a primeira vez foi em 2019, quando o Rubro-Negro negou qualquer tipo de investida.

Sem custos e boa relação

Com o fato desse pode chegar ao clube português no início do ano e de quebra sem custos alguns, fazem com que os dirigentes do Benfica intensifiquem nos próximos dias uma negociação com Diego Alves, que tem uma boa relação com "Míster".

Atualmente Jorge Jesus conta com Helton Leite como goleiro titular no Benfica, que ainda tem o belga Mile Svilak e o japonês Leo Kokubo como opções na reserva.

Diego Alves e seu futuro

Aos 35 anos, o profissional aqui em questão não aceitou a última oferta a ele oferecida pela direção do Flamengo, do qual Diego Alves ficou bastante chateado, uma vez que acreditava já ter tudo acertado no mês de outubro, quando recebeu uma proposta vantajosa para permanecer e viu essa ser cancelada pelo departamento financeiro do clube em novembro, donde desde então estava em busca de um novo acordo, que nos últimos dias ficou mais distante.

Companheiros e treinador querem a permanência do goleiro no Flamengo

Mesmo estando cada dia mais distante a possibilidade de um acerto entre as partes, os seus companheiros de time, assim como o próprio treinador - Rogério Ceni, declararam que gostaria da permanência de Diego Alves no clube, uma vez que ele é um dos líderes do vestiário e um bom profissional.