Sendo considerado um dos culpados pelo rebaixamento do Inter em 2016, Paulão que em 2017 atuou pelo Vasco, não tinha mais clima para permanecer em Porto Alegre após o seu retorno no final da última temporada e para isso a direção Colorada comunicou nesta sexta-feira que liberou o zagueiro por empréstimo ao clube carioca até o fim de seu contrato - que encerra no final de 2019.

No Inter, o jogador participou de toda a pré-temporada com o grupo de Odair Hellmann, mas acabou ficando de fora da lista de inscritos para a disputa do Gauchão. Paulão com o novo treinador colorado aparecia somente no terceiro time, ao lado de Ernando.

No início desta semana, Paulão em entrevista comentou sua situação em Porto Alegre, onde o zagueiro disse entender a paixão do torcedor.

"Entendo a paixão do torcedor. Sei que essa ferida está aberta, mas, por trás disso, há uma família, que também sofre. Chega a um momento no qual você não pode fazer o que ama que é jogar. Às vezes, você se sente um criminoso. Não podendo estar em público, porque o criticam, e nem trabalhar", declarou ele a uma rádio da capital gaúcha.

Paulão que estava no Inter desde 2014 - disputou pelo Colorado 148 partidas, aonde veio a marcar 10 gols. Com a camisa vermelha ele conquistou três campeonatos gaúchos: 2014, 2015 e 2016.

Para suprir a saída do zagueiro, o Inter deve anunciar até o início da próxima semana, a chegada de um velho conhecido da torcida colorada - Rodrigo Moledo, que teve sua liberação aceita pelo clube grego segundo a imprensa local.