Para renovar com Paul Pogba o Manchester United até aceita aumentar o seu salário, mas não estaria disposto a ultrapassar seus limites financeiros.

Com contrato válido até 2022, Pogba que já declarou por inúmeras vezes que gostaria de jogar no Real Madrid, pode por fim acabar permanecendo nos "diabos vermelhos", segundo informações da ESPN, que aponta ainda, que o clube inglês poderia elevar o salário do meio-campista francês, que hoje recebe 290 mil libras por semana - algo em torno de R$ 2 milhões, para assim mantê-lo por mais alguns anos no elenco.

Na verdade, o Manchester United ainda não estaria muito preocupado com uma renovação imediata do jogador aqui em destaque, até porque seu vínculo com o clube só acaba em junho de 2022 e com isso ainda teria um bom tempo para pensar no assunto ou até mesmo negociá-lo em uma próxima abertura da janela de transferências.

Sem quebrar a banca

O Manchester United que não irá "quebrar a banca" para manter o francês entre seus jogadores, poderá quem sabe aceitar uma possível saída sua numa próxima abertura do "mercado da bola", mas para isso acontecer, o clube interessado no meia-atacante deverá apresentar uma boa proposta pelo mesmo, caso contrário os "Reds Devils" não o liberarão, dando claro como uma indireta ao Real Madrid, que por diversas vezes já fora apontado como provável destino do atleta.

No entanto, segundo informações vindas da Espanha, Florentino Pérez - presidente do Real Madrid tem outras prioridades para 2021, entre elas, uma possível investida de Kylian Mbappé - do Paris Saint-Germain e hoje Pogba não é mais visto como prioridade de reforços para o time merengue.