Em "xeque" no cargo, Solskjaer vê a sombra de Maurício Pochettino surgir no Manchester United, segundo informações do "Daily Star" - da Inglaterra. Com resultados ruins neste início de temporada e com desempenho fraco, o atual comandante técnico dos "reds devils" terá o mês de outubro para garantir sua permanência ou não no comando técnico do United.

O que piorou a situação de Solskjaer a frente do Manchester United nos últimos dias, foi à goleada sofrida pelo Tottenham - de José Mourinho na última rodada da Premier League e caso o profissional não consiga fazer o time jogar melhor com a chegada dos últimos reforços anunciados nesta última segunda-feira (Alex Telles e Cavani), o clube inglês aqui em questão deverá então optar por mudanças em seu comando técnico.

Sem trabalhar desde novembro de 2019, quando foi demitido do Tottenham, Pochettino hoje desponta como um dos favoritos a assumir esse lugar, apesar de alguns dirigentes do Manchester United ainda serem contrários a demissão de Solskjaer, lembrando que o técnico norueguês fez uma grande campanha na última temporada, levando os "reds devils" ao terceiro lugar na Premier League após um início de ano ruim.

Outubro decisivo

Neste mês de outubro, o United terá um calendário pesadíssimo, com duelos importantes pelo campeonato inglês diante do Newcastle e Chelsea e os confrontos pela Champions League; desta forma esse mês promete fortes emoções para o time vermelho de Manchester e também para todos dentro do clube e seus torcedores.