Manchester City inicia batalha para reverter punição imposta pela UEFA

O clube inglês teve sua apelação aceitar pelo CAS: o caso que ainda não tem data para ser julgado, irá rever a punição de dois anos de proibição de disputar competições organizadas pela UEFA.

Por Müller
Compartilhe

A Corte Arbitral do Esporte (CAS, em inglês) Está confirmado - a Corte Arbitral do Esporte - também conhecida por CAS, confirmou que registrou o apelo feito pelo Manchester City contra a pena imposta pela UEFA, no entanto, não há uma data para que a ação seja julgada, mas não deve demorar muito.

Trâmite legal desta ação

Os próximos passos do processo são a formação de um painel de juízes, formado pelo próprio CAS, que analisarão o processo e posteriormente, marcarão uma audiência com as parte envolvidas. Após essa fase, os mesmos juízes decidirão pela anulação ou não a pena imposta pela UEFA ao clube inglês em questão.

Lembre o caso

A entidade máxima do futebol no "Velho Continente" puniu os citizens excluindo o clube por dois anos de competições europeias, além de uma multa de 30 milhões de euros por descumprimentos do Fair Play Financeiro e pelo clube não ajudar nas investigações. O clube inglês agora tenta provar sua inocência e tenta de todas as formas reverter esse quadro que pode tirar o time das próximas edições da Champions League.

Caso envolvendo o Manchester City

O escândalo foi revelado em novembro de 2018, quando a revista alemã Der Spiegel publicou e-mails vazados que mostravam irregularidades nas finanças do City. A principal questão eram valores recebidos pelo clube por meio de seu proprietário, Sheik Mansour bin Zayed Al Nahyan, que também é da família que governa Abu Dhabi.

Pep Guardiola - técnico do Manchester City.
Pep Guardiola - técnico do Manchester City.

Mais sobre: manchester-city uefa cas
Torcedor: compartilhe
Siga nas redes
Comentários
Carregar comentários
Assista ao nosso último vídeo:
Inscreva-se no canal