Sané tem grave lesão no joelho constada por exames, devendo voltar aos gramados somente em 2020

A grave lesão de Sané foi adquirida na vitória do Manchester City, nos pênaltis, na final da Supercopa da Inglaterra, contra o Liverpool, no último final de semana.

Por Minha Torcida
Compartilhe

Com negociação encaminhada para o Bayern de Munique, Leroy Sané ficará de fora dos gramados por aproximadamente seis meses, devendo retornar ao futebol em 2020. O atacante alemão após a realização de exames médico foi constatado com uma grave lesão no joelho.

Notícia ruim para o Manchester City, que poderá perder o negócio com os "Bávaros". Enquanto isso, o departamento médico dos "citizens" ressalta que o jogador teve uma ruptura no ligamento cruzado do joelho direito. A grave lesão foi adquirida na vitória do Manchester City, nos pênaltis, na final da Supercopa da Inglaterra, contra o Liverpool, no último final de semana.

Sane.

Ainda de acordo com a revista francesa "France Football" que noticiou a informação, comenta que a negociação envolvendo o atacante em questão com o clube alemão (Bayern de Munique) já teria sido concretizada e mesma giraria em torno de 110 milhões de euros.

Sané que foi revelado pelo Schalke 04, da Alemanha, chegou ao Manchester City em 2016 e na última temporada ficou algumas partidas no banco de reservas; algo que desagradou demais o atacante e por esse motivo teria aceitado se transferir para o Bayern de Munique. Ainda pelo clube inglês, o jovem alemão entrou em campo em 47 partidas, marcando 16 gols e dando 18 assistências.

Agora a pouco informações relacionadas à lesão de Leroy Sané indicam que o clube alemão entrará em contato com o Manchester City para ver sobre a gravidade da mesma e terão uma conversa para qual caminho tomar nesta negociação envolvendo os dois clubes. Pintando algo de novo nesta transferência iremos comentar aqui para os amigos leitores.

 

Torcedor: compartilhe
Siga nas redes
Comentários
Carregar comentários
Assista ao nosso último vídeo:
Inscreva-se no canal