Manchester City poderá ser banido de competições realizadas pela UEFA, entenda:

O comitê que investiga o “Citizens” por possíveis violações às regras do Fair Play Financeiro, deverá sugerir o banimento do clube inglês de pelos menos um ano das competições realizadas pela UEFA.

Por Minha Torcida
Compartilhe

Manchester City poderá ser banido da Champions League, diz jornal. De acordo com o jornal “New York Times”, o atual campeão inglês poderá ser excluído do maior torneio do “Velho Continente” por infrações ao Fair Play Financeiro.

O diário publicou informações a respeito do assunto nesta última segunda-feira, onde de acordo com o veículo norte-americano, o comitê que investiga o “Citizens” por possíveis violações às regras do Fair Play Financeiro, deverá sugerir o banimento do clube inglês de pelos menos um ano das competições realizadas pela UEFA.

Pep Guardiola - técnico do Manchester City.Pep Guardiola - técnico do Manchester City.

Ainda de acordo com o New York Times, as investigações já ocorrem há quatro meses e envolvem autoridades da UEFA e da Federação Inglesa de Futebol – entre as principais violações cometidas pelo clube inglês em questão, está a apresentação de falsas informações sobre contratos de patrocínios, que caracterizam conduta de má-fé. Esses documentos seriam os mesmos vazados pelo “Football Leaks”, no final de 2018.

Segundo uma reportagem assinada pelo jornalista Tariq Panja, ocorreu uma reunião há duas semanas em Nyon, na Suíça – sede da FIFA, onde a mesma foi realizada para finalizar o relatório que recomendará a punição ao time inglês. Com o início da fase classificatória a Champions League já ocorrendo no próximo mês, é bem provável que se o Manchester City for condenado e punido, a mesma ocorra somente na temporada 2020/2021 – assim o clube inglês teria tempo hábil para recorrer a Corte Arbitral do Esporte – o CAS ou TAS.

Ao saber da abertura da investigação contra, o clube deu a seguinte declaração, em março deste ano:

“O Manchester City recebe a abertura de uma investigação formal da UEFA como uma oportunidade para clarear as especulações resultantes da pirataria ilegal e da publicação fora de contexto de emails do clube. A acusação de irregularidades financeiras é totalmente falsa. As contas publicadas do clube estão completa”, alegou o City na época.

 

Torcedor: compartilhe
Siga nas redes
Comentários
Carregar comentários
Assista ao nosso último vídeo:
Inscreva-se no canal