Você saberia me dizer qual foi o primeiro time brasileiro a participar de uma edição de Libertadores da América? Se o nosso amigo leitor logo pensou no Santos, digo-lhes que errou! O primeiro clube brasileiro a participar de uma edição do maior torneio organizado pela Conmebol foi o Bahia, sim, o Bahia.

O time de Salvador foi o pioneiro no torneio, logo no primeiro ano da Taça Libertadores. Neste ano, apenas dez clubes tiveram a honra de disputar a que seria nos tempos de hoje a maior competição do continente.

O clube do nordeste brasileiro se classificou a Libertadores da América de 1960 por ter conquistado a Taça Brasil de 1959. Na época, a competição sul-americana era disputada já na fase de mata-mata e o time brasileiro esteve em campo somente em dois confrontos - ambos contra o San Lorenzo - da Argentina.

No jogo de ida, o Bahia foi derrotado pelo placar de 3 a 0 - gols de Oscar Rossi, Miguel Ángel Ruiz e José Sanfilippo. Na volta, no estádio da Fonte Nova, o Bahia venceu o confronto pelo placar de 3 a 2 - gols de Carlito, Flávio e Marito; Sanfilippo foi o autor dos dois gols dos argentinos no Brasil.

Com o placar agregado, o San Lorenzo passou de fase e avançou as semifinais, sendo eliminado para o Peñarol - do Uruguai, que viria a ser o primeiro campeão do torneio.

Curiosamente, Sanfilippo que fora o algoz do Bahia em 1960 na primeira participação do Bahia em uma edição de Libertadores, veio a vestir a camisa do time brasileiro quatro anos depois, quando o time baiano voltou à competição sul-americana.

Time do Bahia campeão de 1959... e representante brasileiro na Libertadores de 1960
Time do Bahia campeão da Taça Brasil de 1959 e representante brasileiro na Libertadores de 1960

Ficha técnica - San Lorenzo 3 x 0 Bahia (20/04/1960)


San Lorenzo: Walter Tarnawski, Raúl Páez, Norberto Ravecca, Guillermo Reynoso, Manuel Castillo, David Iñigo, Oscar Rossi, José Sanfilippo, Norberto Boggio, Miguel Ángel Ruiz, Héctor Facundo (Carlos Bilardo). Técnico: Juan Carlos Lorenzo.

Bahia: Nadinho, Vicente, Leone, Biriba, Flávio, Henrique, Beto, Marito, Leo Briglia, Alencar, Ari. Técnico: Carlos Volante.

Ficha técnica: Bahia 3 x 2 San Lorenzo (03/05/1960)

Bahia: Nadinho, Nenzinho, Henrique, Leone, Beto, Flávio, Marito, Màrio, Leo Briglia, Biriba, Carlito. Técnico: Carlos Volante.

San Lorenzo: Walter Tarnawski, Humberto Cancino, David Iñigo, Oscar Rossi, Norberto Ravecca, Guillermo Reynoso, Manuel Castillo, José Sanfilippo, Norberto Boggio, Miguel Ángel Ruiz, Héctor Facundo (Modesto Benítez). Técnico: Juan Carlos Lorenzo.