Noite de quarta-feira é sinônimo de futebol e em se tratando de Libertadores os ânimos ficam ainda mais elevados. Seis times brasileiros disputavam uma vaga nas quartas de final. O Grêmio foi quem entrou em campo primeiro e garantiu passagem para seguir adiante.

O tricolor gaúcho precisava só do empate em casa para garantir lugar na próxima fase da competição, e até levou um susto no começo da partida. Como o Godoy Cruz precisava do resultado, foi pra cima; em um chute de fora da área e com belo efeito, Correa supreendeu Marcelo Grohe e abriu o placar. Como é de praxe este ano, o tricolor não se abateu com o gol e virou com dois gols de Pedro Rocha. 

Com duas vitória nas oitavas, o Grêmio aguarda o resultado de hoje entre Botafogo x Nacional, no Engenhão. O clube carioca venceu fora de casa no jogo de ida e está em situação idêntica ao Grêmio antes do jogo, portanto, precisa apenas de um empate para seguir adiante. 

Outros dois brasileiros entraram em campo com situação delicada, tanto Atlético-MG quanto Palmeiras perderam por 1-0 os jogos fora de casa e tinham a chance de reverter o placar adverso em casa, mas...

O Galo precisava de dois gols para despachar os bolivianos do Jorge Wilstermann da Libertadores. Apesar de tentar muito, o time com a melhor campanha na fase de grupos não conseguiu furar a retranca adversária e foi ineficiente durante os 90 minutos de jogo. Desclassificação melancólica mineira e foco total agora no Brasileirão. 

No Allianz Parque o Palmeiras tinha de fazer ao menos um gol para levar o jogo para os pênaltis contra o Barcelona de Guayaquil. Isso de fato ocorreu, mas aí teve as cobranças de pênalti, não é mesmo? Pois é. 

Cuca escalou Dudu como armador do time e o resultado foi muita correria e pouco resultado. Só quando o meia Moisés entrou voltando de lesão, Dudu voltou para sua posição de lado de campo e o Palmeiras conseguiu marcar seu gol. Nos pênaltis o Palmeiras até lutou, mas o goleiro Banguera brilhou e classificou o Barcelona para as quartas de final. 

Além do Botafogo, outros dois brasileiros entram em campo hoje (e jogam entre si). Santos e Atlético-PR decidem quem segue em frente na "Liberta" na Vila Belmiro. Quem tem a vantagem é o Santos, afinal venceu por 2-3 na casa do Atlético. O empate hoje garante vaga nas quartas.

Fechando as oitavas de final, o San Lorenzo tenta garantir vaga na próxima fase depois do resultado positivo fora de casa contra o Emelec.