Com todos os clubes brasileiros que irão disputar a Libertadores deste ano já conhecidos, podemos a partir de agora detalhar como deverão ser divididos os potes do sorteio do torneio, que será realizado no dia 09 de abril, na sede da Conmebol.

Dentre os times já classificados a fase de grupos - aqui falando exclusivamente dos times brasileiros, podemos presumir que Palmeiras, Flamengo e muito provavelmente o São Paulo (pelo ranking da Conmebol) estejam presentes no "Pote 1"; já Internacional, Atlético-MG no "Pote 2" e Fluminense no "Pote 3". Grêmio e Santos se avançarem da fase preliminar, ficarão no "Pote 4".

Ranking para a divisão dos times

Sim, como a entidade já vem fazendo nas últimas edições do sorteio da Libertadores da América, deverá fazer também em 2021, com isso a entidade máxima do futebol na América do Sul deve usar seu ranking divulgado em fevereiro para dividir os times no sorteio.

Com 32 times, divididos em 4 potes de oito, esses serão espalhados em oito chaves com quatro equipes em cada - algo já realizado a muitos anos. O Palmeiras, atual campeão da Libertadores e 4º no ranking da Conmebol, deve ser cabeça de chave no "Grupo A"; por sua vez, o Flamengo - 6º colocado no ranking da entidade se juntará ao São Paulo - 13º neste ranking dentro do "Pote 1". Porém, não podemos dizer em quais grupos esses ficarão como cabeças de chave, pois vai depender do sorteio.

Com o Palmeiras derrotando o Grêmio na final da Copa do Brasil, esse ajudou seu rival no sorteio de grupos da Libertadores, dando ao São Paulo a oportunidade de ser um dos "cabeças de chave", uma vez que está atrás do clube gaúcho; no entanto, isso não é confirmado.

Para o Tricolor Paulista estar presente no "Pote 1", esse precisará secar o Nacional e o Peñarol no Campeonato Uruguaio, que só finalizará neste mês de março. Se os dois forem para a fase de grupos da Libertadores, o São Paulo cairá para o "Pote 2", podendo cair em grupos que terão River Plate e Boca Juniors.

Atlético-MG e Inter estão confirmado no "Pote 2" e o Fluminense no 3. Pelo regulamento atual, os clubes de um mesmo país não podem cair na mesma chave, a não ser que venham da fase preliminar, como ocorreu com o Colorado na última edição da Libertadores, onde acabou no mesmo grupo do Grêmio. Sim, podemos ter Gre-Nal novamente nesta edição do torneio sul-americano, uma vez que agora é o Grêmio que pode vir desta fase anterior a fase de grupos; assim como também o Santos, que se classificarem ficarão no "Pote 4".

Em um cenário visivelmente plausível, podemos ter grupos bem fortes, como River Plate, Internacional, América de Cali e Grêmio, por exemplo, ou ainda Boca Juniors, Atlético-MG, Barcelona e Santos. Gostou, pois também podemos ter um Palmeiras, LDU, Vélez e Grêmio (ou Santos).

Início da fase de grupos

A Libertadores 2021 que na real já iniciou, terá seu "início" na fase de grupos no dia 21 de abril, onde nesta terça-feira teremos o primeiro time brasileiro estreando na competição: o Santos, que encara o Deportivo Lara, em casa pela fase preliminar. Na quarta-feira, também conhecida por "amanhã", teremos Grêmio x Ayacucho, na capital gaúcha. Para Santos e Grêmio chegarem a fase de grupos, terão que primeiramente avançarem por duas fases nesta "Pré-Libertadores".

Confira abaixo como podem ser divididos os "potes" no sorteio da Libertadores 2021:

Pote 1 - Cabeças de Chave

Palmeiras - atual campeão

River Plate - 1º no ranking

Boca Junior - 2º

Flamengo - 6º

Cerro Porteño - 11º

Olímpia - 12º

Nacional, Peñarol e São Paulo - disputam a última vaga

Pote 2

Internacional - 18º

Atlético-MG - 19º

Independiente Santa Fé - 21º

LDU - 26º

Universidad Católica - 30º

Defensa y Justicia - 37º

São Paulo e ou Barcelona - podem ficar com a última vaga aqui

Pote 3

Vélez Sarsfield - 33º

Sporting Cristal - 35º

América de Cali - 36º

Fluminense - 39º

The Strongest - 40º

Universitário - 46º

Deportivo Táchira - 60º

Barcelona e ou Argentino Juniors - disputam a vaga

Pote 4

Deportivo La Guaira - 127º

Unión La Calera - 128º

Always Ready - 145º

G1

G2

G3

G4

Esses últimos vindos da fase preliminar.