Com a Rede Globo "fora" da Libertadores, a Conmebol principalmente no Brasil corre contra o tempo para vários jogos não ficarem sem transmissão. A competição que está marcada para retornar já no próximo mês, por hora conta apenas com a transmissão do canal FOX Sports (TV fechada), mas não todos, com isso a entidade máxima do futebol na América do Sul busca uma nova parceria para a TV aberta, após a rescisão com a Globo e também com a DAZN (Streaming).

Tanto a Rede Globo como a DAZN solicitaram quebra de contrato alegando problemas financeiros por conta da pandemia do novo Coronavírus e com isso os valores pagos anteriormente a parada do futebol não poderiam ser mantidos, uma vez que suas receitas teriam despencado nos últimos meses. Desta forma os organizadores da Libertadores resolveram oferecer a transmissão dos jogos a diversos canais e meios de comunicação.

A própria Globo é uma das que negociam um novo acordo. Paralelamente a essa conversa, a Conmebol também abriu negociação com outros canais da TV aberta e com a ESPN Brasil - parceira da FOX Sports.

Conmebol - entidade máxima do futebol na América do Sul - imagem: arquivo/site oficial da Conmebol
Conmebol - entidade máxima do futebol na América do Sul - imagem: arquivo/site oficial da Conmebol

Segundo o jornal "Estadão" de São Paulo, esse apurou que existe um interesse mutuo entre Conmebol e Globo para que essa parceria seja retomada, no entanto a entidade sul-americana acredita que outros interessados possam aparecer com valores maiores para pressionar a gigante brasileira.

Dos canais abertos, até o momento a Rede TV foi a que mais se mostrou interessada em iniciar uma parceria com a Conmebol para a transmissão dos jogos da Libertadores da América, assim como também o Facebook, que poderia transmitir um jogo por rodada - nas quintas-feiras.

Mesmo que a Globo e a Conmebol venham a se acertar, não está descartada a possibilidade de outra emissora vir a transmitir os jogos também da Libertadores. Com o fim da exclusividade, a tendência é de que a disputa pela audiência seja ainda maior. Aguardemos!